Mais uma famosa foi alvo de hackers. Nesta semana, a atriz Maisie Williams, famosa por interpretar a destemida Arya Stark em Game Of Thrones, teve fotos íntimas vazadas. De acordo com informações, as fotos vazaram durante uma viagem que Williams fez ao Japão para apoiar uma campanha em prol da vida marinha. Em uma das imagens, ela aparece de costas, usando apenas uma calcinha.

Na outra, ela está acompanhada de outras duas mulheres. Rumores em sites sobre celebridades dos Estados Unidos e do reino Unido apontam que as outras garotas podem ser Sophie Turner (Sansa Stark) e Natalie Dormer (Margaery Tyrel), porém, não existe nenhuma confirmação sobre esse fato.

Publicidade
Publicidade

Maisie Williams tem 19 anos e sua personagem na série #Game of Thrones é uma das mais amadas pelo público. Apesar da pouca idade, a atriz já tem grande envolvimento com causas políticas, como a defesa do feminismo e dos direitos dos animais. A jovem atriz ainda não se pronunciou sobre o ocorrido.

Ela não está sozinha no mundo das celebridades que tiveram fotos íntimas vazadas. Famosas como Kate Upton, Selena Gomez, Kaley Cuoco, Jennifer Lawrence, Carolina Dieckmann, Kirsten Dunst, são algumas das que já sofreram este tipo de abuso.

Além das famosas, esse tipo de vazamento também atinge milhares de mulheres anônimas em todo o mundo. Não são poucos os casos de jovens, algumas delas menores de idade, que tem suas contas invadidas e suas fotos íntimas divulgadas na internet.

Muitas meninas acabam entrando em depressão após o ocorrido.

Publicidade

Existem até mesmo casos de garotas que se matam após terem imagens vazadas. Esse tema é abordado no documentário "Audrie & Daisy", produzido pela Netflix.

Topless Tour

Em 2014, o perfil no Instagram e no Facebook se tornou muito popular por trazer centenas de imagens de mulheres fotografadas de costas enquanto faziam topless. As fotos vazadas da atriz Maisie Williams reproduzem este mesmo tipo de fotografia.

O Topless Tour se tornou viral em meados de 2014, e milhões de mulheres ao redor do mundo reproduziram a pose, nos mais variados cenários. A ideia surgiu de três garotas britânicas que viajaram para a Noruega. Olivia Edginton, Lydua Buckler e Ingvild Marstein Olsen começaram um movimento que, para muitos, é visto como uma das nuances do empoderamento feminino.

#Famosos