Depois de muita expectativa sobre a permanência de #Negan a casa de Rick, as atenções maiores estavam no que iria acontecer a Carl e ao vilão durante o decorrer das cenas no tão esperado “Sing Me a Song”. Negan já havia provado que tinha ficado realmente surpreso com a visita de Carl ao seu lugar de morada o “Santuário”, em tons de ameaça o obrigou a tirar as bandagens do rosto expondo o seu olho e o colocando numa situação desconfortável. E enquanto tudo isso acontecia Rick estava com Aaron em busca de alimentos, totalmente despreocupado achando que seu filho estaria em segurança. Não mais satisfeito e por nutrir bons sentimentos pelo garoto Negan o leva de volta em segurança pra Alexandria e encontra a pequena Judith! Dentre tantos acontecimentos algumas coisas deixamos de perceber e dessa vez listamos 5 coisas que pode te surpreender!

1 – O episódio segue à risca os quadrinhos.

Desde os últimos episódios podemos perceber a fidelidade que algumas cenas têm se mostrado em relação aos quadrinhos, a questão é, será que Kirkman daqui pra frente seguirá a risca e se sim o que fazer com personagens que ele já matou e ainda estão vivos na trama ou vive versa? O que acontecerá com Daryl? Visto que ele nem existe nos quadrinhos.

Publicidade
Publicidade

2 – Meios de transportes inovadores em Alexandria.

Há pouco tempo atrás tivemos o uso de uma bicicleta, enquanto Enid fugia pra Hilltop, e sabemos que esse não são um dos meios de locomoção mais utilizados pela série. O que mais vemos são carros, sejam caminhões, trailers, caminhonetes. Mas neste último episódio o uso de um carro movido a eletricidade foi motivo de surpresa e ao mesmo tempo não, já que Alexandria é independente, tem placas de energia solar e produz a sua própria energia.

É de se esperar que com o passar do tempo, assim como anda sendo mais difícil encontrar suprimentos desde o início de todo o apocalipse, coisas alternativas vêm sendo cada vez mais necessárias, para quem é motorista sabe que a gasolina por exemplo tem prazo de validade, no máximo 4 meses e olhe lá, 1 ano se existir um estabilizador de combustível.

Publicidade

É natural que os diretores busquem cada vez mais formas alternativas para que a trama se desenrole.

3 – Deanna é lembrada nesse episódio por Spencer.

Depois de encontrar um zumbi pendurado em uma arvore totalmente estripado na floresta Spencer encontra um caderno de anotações onde nesse está escrito em latim um local com muitos suprimentos. Ele decifrou estas anotações fazendo menção a falecida mãe.

Em episódios passados entre uma conversa e outra com Rosita ele confessa que embora tenha faltado algumas aulas, ele havia por muito tempo estudado latim a mando de Deanna. E quando questionado para que aquilo tudo ela sempre lhe dizia “um dia essa dor será útil para você”.

Essa frase também foi vista no 5º episódio da 6ª temporada, Deanna estava feliz com a possibilidade de crescimento de Alexandria e começou a fazer planos e projetos que iriam ajudar o desenvolvimento da comunidade e no final escreveu “dolor hic tibi proderit olim” que é o mesmo que “algum dia essa dor será útil para você.”

Mas ainda não parou por aí, no 8º episódio da 6ª temporada já no leito prestes a morrer Michonne se oferece para matá-la, mas ela diz que ainda não está pronta e que quando estivesse faria ela mesma.

Publicidade

Ela diz, é a minha vida, e será do começo até o fim. Dolor hic tibi proderit olim.

4 – Carl e Daryl, se comunicaram, sim ou não?

Depois da hipótese de ter se usado o código Morse como forma de contato entre os personagens, estamos ligados em qualquer possibilidade de contato que os mesmos venham a apresentar.

Daryl se encontrou com Carl enquanto Negan mostrava o Santuário para ele, e num desses momentos de forma rápida parece que os dois se olham e se comunicam.

E se realmente aconteceu, no máximo o que se desenrolou nessa conversa foi um “Dê o fora”, já que na presença de Negan não dá para se falar alguma coisa. #Carl Grimes #The Walking Dead