A diva do Show das Poderosas resolveu fazer graça com a própria desgraça, como dizem, e mostrar que seu bom-humor não se abala com pouco. Hoje, no Twitter, ela comentou a fase solteira, disse não estar pegando nem gripe (negando que seja uma ocupada vida romântica o motivo de ter se mantido afastada das redes sociais nos últimos tempos), tuitou uma mensagem citando o velho ditado "sorte no jogo, azar no amor" e comentando que a carreira estava bombando. Logo depois, arrematou em outra postagem: "Amém, inclusive".

Amém mesmo. Até porque, convenhamos, deve ser mais fácil, muito mais fácil - especialmente quando se tem o look e a personalidade exuberante de #Anitta - conseguir um namorado do que criar uma supercarreira como aquela que a funkeira construiu.

Publicidade
Publicidade

Mais cedo ou mais tarde, a vida amorosa de Anitta vai acabar engrenando como a vida profissional, e ela sabe disso.

Enquanto isso, a cantora não tem tido - oficialmente pelo menos - muita ação no front sentimental, razão para a imaginação do público e dos jornalistas ficar ociosa. No ano que terminou recentemente, por exemplo, já houve rumores, em julho, de um caso de Anitta com Maluma (Juan Luis Londoño Arias), cantor colombiano com quem ela gravou, no México, o clipe da canção dela "Sim ou não". No começo daquele ano, em janeiro, quando a cantora esteve nos Estados Unidos, ela foi vista na praia com o colombiano - já, então, surgiam rumores. Outro famoso internacional que houve quem dissesse ter um caso com a funkeira foi o ator estadunidense Zac Efron (protagonista da franquia de filmes musicais da Disney High School Musical), que esteve no Brasil em agosto, mês dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

Publicidade

Em ambos os casos, Anitta negou o envolvimento. Bom, verdadeiros ou não os rumores, uma pessoa sabe que "chegou lá" no mundo do entretenimento quando começa a ser "shippada" com celebridades estrangeiras. Como ela mesma disse, a carreira está bombando.

Em tempo: Anitta começou 2017 como a única pessoa do Brasil no ranking de mídias sociais da revista Billboard, à frente de Taylor Swift, Kate Perry e Lady Gaga. Foi a décima terceira vez que ela apareceu na lista de 50 artistas. O ano mal começou e já promete. Quem sabe ela não acaba pegando a tão esperada gripe?

#Famosos