A internet é um local onde se encontram as mais diversas opiniões e onde são travadas grandes polêmicas. A #Polêmica da vez envolve declarações sobre Deus. A youtuber Kéfera Buchmann, do canal “5incominutos”, roubou a cena no vídeo “Que Calor da Por**”, em que dirigiu vários palavrões e ofensas a Deus e ainda sugeriu que Ele se masturba.

Assim que que ela postou o vídeo em seu canal, que tem mais de 10 milhões de inscritos, a avalanche de críticas começou. Muitos seguidores e inscritos criticaram a postura da moça e pediram que ela se desculpasse. Alguns comentários pediam mais respeito aos que são religiosos, outros diziam que ninguém é obrigado a seguir determinada religião ou crer em algo, mas o respeito às pessoas em que creem é fundamental.

Publicidade
Publicidade

Em um dos trechos do vídeo ela diz:“Com todo o respeito, Deus… vou falar um negócio que talvez o senhor fique um pouquinho chateado comigo, mas é com todo respeito, porque eu te considero ‘brother’, entendeu? Então assim, seguinte: tem mulheres que parece que Deus estava batendo punh***”. Depois da declaração, um efeito sonoro de trovoada ocorre e ela se dirige a Deus com xingamentos e ironizando que seria a ira dele, por conta de seu comentário.

Os fãs da youtuber esperavam alguma declaração dela comentando sobre o assunto, que causou tanta polêmica. Kéfera então fez novo vídeo comentando sobre a polêmica, porém o pedido de desculpas, esperado por muitas fãs, não veio.

Ao contrário do esperado pelos fãs religiosos, a youtuber disse que não se importa e não irá pedir desculpas aos "falsos cristãos de plantão", pois afirma que tudo não passou de una brincadeira.

Publicidade

Kéfera conclui o vídeo falando que tem uma personalidade forte e um jeito diferente de falar com Deus, como se ele fosse um amigo apenas.

A youtuber disse que o trata como faz com seus próprios amigos e, por esse motivo, apesar de todas as críticas dos fãs - que ficaram chateados, pois consideraram algumas declarações contidas no vídeo um desrespeito a Deus - ela não considera que tenha faltado com respeito. #Kefera