Mais cedo, noticiamos que Marcão do Balanço Geral havia se referido à cantora Ludmillla como "pobre e macaca". Veja o vídeo abaixo e tire suas próprias conclusões. Fato é que hoje, quarta-feira, 18, a Record decidiu rescindir o contrato com o apresentador do "#balanço geral do DF" em Brasília, repudiando o comentário ofensivo que ele havia feito à cantora.

A nota da Record lamenta o transtorno à cantora Ludmillla e aos seus fãs e familiares, causado por um comentário "infeliz" do apresentador Marcão, até então funcionário de sua subsidiária em Brasilia. A emissora afirma ainda que desaprova quaisquer referências discriminatórias e que essa conduta está em desacordo com a linha editorial do jornalismo da casa.

Publicidade
Publicidade

A Record finaliza a nota dizendo que Marcão não integra mais o corpo de jornalistas da emissora. Seu contrato foi rescindido. O apresentador, bem menos polêmico, Dionísio Freitas, substituirá Marcão no comando do programa.

Ofensa

Em seus programas dos dias 9 e 17, Marcão repudiou a atitude da cantora ao se recusar tirar foto com fãs. Inclusive, detalhou o fato ocorrido antes do Réveillon com uma garotinha de 11 anos e outro onde ela disse que não era ela mesma (disse que se chamava Kátia) para evitar o assédio de fãs. Os comentários foram feitos no quadro "Hora Venenosa" . O apresentador disse: "ela era pobre e macaca".

Para amenizar, Marcão também afirmou que ele era pobre e macaco quando mais novo. Mas não colou. A Record entendeu como ofensa e o dispensou. O quadro "Hora Venenosa" não foi exibido hoje, 18.

Publicidade

#Ludmilla, em seu Instagram, repudiou a conduta de Marcão e disse que fará de tudo para que a justiça seja feita. Sua assessoria de imprensa afirmou que seus advogados já foram acionados. A hashtag #ProcessaLudmilla foi um dos assuntos "trendtopic" do Twitter nessa tarde, fazendo menção ao caso.

Já não é o primeiro caso de injúria racial que a cantora é vítima. Em maio, ela deu queixa na delegacia especializada contra um internauta, que postou comentários racistas em uma de suas redes sociais.

Marcão se defende em nota dizendo que "macaco" é uma expressão sem nenhum tom pejorativo, assim como "macaco velho" se refere a alguém experiente. Conclui dizendo que "a acusação de #Racismo não procede". Assista e tire suas conclusões: