Um casal improvável. Essa é a junção de Walter Casagrande e Baby do Brasil. Os dois deram uma polêmica entrevista neste domingo, 1º de janeiro, ao 'Fantástico'. Na conversa, eles contaram porque não fazem sexo e assumiram de vez o namoro. A dupla assumiu publicamente o namoro há quase uma semana. Tudo veio à tona no Natal, mas a dupla está junta desde o final das Olimpíadas. Mesmo depois de tantos meses e da idade madura, nenhum deles quis ir para cama. A cantora, por exemplo, é evangélica e confirmou à reportagem que não transa há vinte anos. De acordo com ela, ir para a cama agora somente após o casamento.

Na conversa, o ex-jogador de futebol mostrou-se muito compreensivo e não parava de elogiar a namorada.

Publicidade
Publicidade

Toda a conversa foi mediada pela jornalista Renata Ceribelli, que parecia espantada com tantas revelações. Segundo Casão, como é chamado por Galvão Bueno, Baby tem muitas coisas mais interessantes do que o sexo para serem exploradas. Renata então aproveitou a oportunidade e questionou se o comentarista era a pessoa certa para tirar o seu celibato. Ela não pensou duas vezes e disse que sim, mas que a noite tão especial somente aconteceria após o 'Sim'. A cantora e o jogador já são amigos há muitos anos, mas somente agora veio a atração e o encontro de vidas. A dupla quer correr para oficializar o casamento. Eles querem que esse casamento aconteça ainda em 2017.

Após quatro meses juntos, Baby diz que até beijo na boca é proibido. O carinho é na bochecha e olhe lá. Casão lembra que foi usuário de drogas e que a cantora era da igreja.

Publicidade

Em dias agitados, ele precisava ser alguém ao seu lado para lhe ajudar. Mesmo sendo apenas uma amiga, a profissional da música o acompanhava em jantares e o ajudou a ficar longe das drogas, mantendo sua abstinência. Eles se aproximaram ao descobrir que frequentavam um consultório médico em comum. Será coisa do destino? No entanto, o comentarista revelou que desde sempre teve um carinho pela cantora e que se lembrava de uma frase que ela disse a ele há mais de vinte anos.

Na ocasião, Baby, que fazia um show em Nova York, nos Estados Unidos, disse que, assim que Casão conhecesse Jesus, a agonia dele ia parar. #Famosos