Uma foto do galã de novelas Leonardo Vieira, na qual beija outro homem, foi divulgada pelo site de celebridades EGO no último fim de semana no ano. O momento de intimidade mostra o ator, que está na Record, mas fez muitos trabalhos na Globo, conversando e beijando um bonitão careca. Os dois estavam em uma balada voltada ao público GLS, na qual um repórter do site teria se infiltrado. O flagra agora pode terminar com processo e até mesmo na polícia. É o que informa um dos colunistas mais conhecidos do país, Léo Dias, do jornal 'O Dia' e do 'Fofocando', do SBT. O motivo para tanto é que Leonardo está sendo vítima de forte preconceito na web.

Por enquanto, o ator ainda não se pronunciou oficialmente sobre o caso, mas engana-se quem pensa que ele não está a fazer nada.

Publicidade
Publicidade

O profissional da dramaturgia já teria consultado advogados sob como agir em casos como esse. Não estaria descartada, por exemplo, a hipótese de processar o próprio portal, que revelou a sexualidade do ator, que até então não era confirmada por ele. Em compensação, em sua defesa, o EGO deve alegar que a balada era um local público e que todo mundo que estava ali poderia fazer uma foto e expôr, até mesmo sem querer, o tal beijo entre Vieira e seu affair da festa, o bonitão alto e careca.

Enquanto a pendência da foto não se resolve, muita gente na web está fazendo comentários ofensivos, crucificando o artista por ele beijar outro homem. É bom lembrar que homofobia ainda não é crime no Brasil. Um projeto para isso foi arquivado no Senado Federal, no ano de 2015. No entanto, as ofensas podem ser consideradas crimes de injúria e difamação, dependendo da forma como as frases homofóbicas tenham sentido.

Publicidade

Por isso, ofender alguém gratuitamente pode dar grandes problemas. Os artistas já mudaram a forma como agem em relação a isso.

Bruno Gagliasso, por exemplo, mandou ver o que ocorreu com sua filha, Titi. Ela sofreu ataques racistas, após os pais adotivos publicarem fotos com ela no Instagram. Mais tarde, descobriu-se que quem fazia os comentários era uma criança, negra e pobre. #Entretenimento #Famosos