O Brasil ficou chocado, nesta sexta-feira (27), com a notícia que começou a circular logo cedo nas redes sociais de que o cantor Beto Barbosa havia sido preso. Muitos até acharam que era uma pegadinha, mas logo foi publicado um #Vídeo na internet mostrando o "rei da lambada" sendo duramente imobilizado por vários policiais e encaminhado para a delegacia.

O clima foi de revolta nas redes sociais. Afinal, o que Beto Barbosa poderia ter feito para merecer um tratamento tão violento como esse? Foi aí que veio a justificativa de que o cantor havia desrespeitado um segurança, dentro de um supermercado e a polícia precisou ser acionada.

Publicidade
Publicidade

Os fãs do cantor ainda não aceitaram tal justificativa, pois ele não agrediu ninguém, não roubou nada no supermercado e logo o caso ganhou repercussão nacional e se tornou um dos principais assuntos desta sexta-feira.

Assim que deixou a delegacia, Beto Barbosa deu uma entrevista explicando o que teria acontecido De acordo com a versão do cantor, ele só quis ajudar uma criança carente dentro do supermercado e mais nada.

De acordo com o cantor, os mendigos são proibidos de pedirem esmolas em um hipermercado no bairro Meireles, mas ele só quis ajudar uma criança pobre, dando a ela uma lata de leite. De acordo com Beto Barbosa, quando os seguranças viram o que ele estava fazendo, não gostaram nem um pouco e já foram logo tirar satisfação.

O cantor disse que está sempre ajudando as crianças carentes que ficam ali, na região do hipermercado, só que dessa vez acabou acontecendo essa confusão toda.

Publicidade

Tanto o segurança do hipermercado quanto o cantor foram levados para o 2º Distrito Policial, onde a confusão aumentou ainda mais, pois um dos policiais alegou que foi chamado de "vagabundo" por Beto Barbosa. O cantor afirma que ele foi mal interpretado, quando na verdade o que estava dizendo é que ele não era um vagabundo.

O músico prestou depoimento e, logo em seguida, liberado. Assista aos vídeos abaixo que mostram o cantor sendo preso e, em seguida, dando sua versão para a história:

#Famosos #Casos de polícia