A Globo já decidiu quanto vai pagar de indenização à família de #Domingos Montagner pela morte trágica do ator durante o intervalo das gravações da novela “Velho Chico”. Tal como informa o site “Pure People”, os responsáveis pela emissora vão pagar o valor do salário que estava destinado ao artista até 2020, ou seja, nos próximos três anos, Luciana Lima e seus três filhos vão receber cerca de quatro milhões de reais. Contudo, esse pagamento vai ser realizado em parcelas mensais, fazendo com que os familiares do ator recebem todos os meses uma verba entre os 70 mil reias a 100 mil reais. #Camila Pitanga não deverá ter direito a nenhuma indenização, apesar da experiência traumática que viveu.

Publicidade
Publicidade

Desde o primeiro momento a Globo, através dos seus responsáveis, assegurou que todos os cuidados com a família de Domingos Montagner iriam ser tomados, incluindo seus compromissos contratuais. Por isso mesmo, e como já estava previsto há cerca de três meses, a mulher e filhos do ator tem direito a receberem os salários até o fim do contrato de Domingos.

Como garante o site “Pure People”, depois de finalmente a Globo ter decidido explicar a indenização histórica, resta agora saber até que ponto a Prefeitura de Carnindé não vai estar também condenada, através do Ministério Público, a uma indenização por não ter a sinalização obrigatória na zona do rio São Francisco onde o ator da Globo foi encontrado sem vida. Um teatro e um monumento em homenagem ao ator já estariam sendo discutidos por ambas as partes, apesar de ainda não existir qualquer tipo de confirmação oficial.

Publicidade

Nas redes sociais, muitos brasileiros ficaram arrepiados e revoltados com a indenização que a emissora vai pagar, garantindo que os responsáveis apenas optaram por compensar os familiares do seu artista com o mínimo possível. Apesar de toda a polêmica com a indenização nos últimos meses, o fato é que Luciana Lima ainda não reagiu publicamente aos valores e aos cálculos agora apresentados, não se sabendo se ela teria contratado um advogado para resolver essas questões delicadas e históricas. #Rede Globo