Nesta semana, mais um grande cantor sertanejo nos deixou e novamente o motivo do falecimento do artista foi a morte no trânsito. De acordo com informações da mídia local, Wagner Roberto Marinho, que formava a dupla sertaneja Marinho e Eduardo, estava em um veículo próximo à cidade de Nova Monte Verde, quando tudo aconteceu. Ele conduzia uma caminhonete a 900 quilômetros da capital do Mato Grosso, Cuiabá. Ainda não se sabe ao certo como tudo aconteceu. No entanto, a vítima dirigia um modelo de caminhonete conhecido como S-10, quando perdeu o controle do veículo. Ele capotou várias vezes com o carro, antes de cair em uma ponte pequena da região, conhecida como 'Ponte Torta'.

Imagens da tragédia, que podem ser vistas na nossa galeria de fotos, chocaram os fãs.

Publicidade
Publicidade

Muitos foram até ao perfil pessoal do cantor para se despedir. "Nossa, o ano já está começando muito mal. Não acredito que você nos deixou tão cedo", disse uma fã identificada como Ana Paula, que fez questão de compartilhar uma foto em que aparecia ao lado dos dois. De acordo com informações do soldado Tales Paes, que foi um dos primeiros a chegar ao local do acidente, a polícia recebeu uma ligação de um morador da região, que viu o carro já embaixo da ponte.

O cantor ficou preso nas ferragens. Ele ainda estava com vida quando os bombeiros chegaram. No entanto, o resgate, devido à sua complexidade, acabou sendo demorado e Marinho faleceu no próprio local. Restou apenas a tarefa dos agentes de retirarem o corpo dali e encaminharem para o Instituto Médico Legal (IML). O cadáver já foi enviado para o enterro.

Publicidade

Como ninguém viu o acidente, a polícia não dá como certeza o que teria motivado a morte, mas acredita-se que uma curva perigosa, antes da chegada na tal ponte, tenha feito o motorista perder o controle.

No ano retrasado, o cantor Cristiano Araújo e sua noiva, Alana, estavam em um carro com um motorista em Goiás, quando foram vítimas de outro acidente. Eles faleceram. O sucesso de Cristiano era alto e, na época, sua morte foi uma comoção nacional. #sertanejo #Famosos