Neste domingo, 8, aconteceu a estreia da segunda temporada de um programa querido pelo grande público, o #The Voice Kids. Já no primeiro episódio, sob comando de André Marques, já que Tiago Leifert vai dividir seu tempo na Globo cuidando do 'Big Brother Brasil', o telespectador foi transbordado de grande emoção. João Vitor Mafra, morador de Mogi das Cruzes, no estado de São Paulo, por exemplo, surpreendeu o jurado Carlinhos Brown. Ele subiu ao palco e cantou um dos maiores sucessos na voz de Michael Jackson, a canção 'Bem', ainda dos tempos do grupo 'Jackson Five'. Cantando desde os três anos, ele surpreendeu o cantor, que também julga a versão com adultos da atração.

"Fazer música é servir aos outros e a gente tem muita honra em servir", disse Carlinhos pouco depois de escolher João.Ele virou a cadeira após três segundos da apresentação do menino, quase um recorde mundial do programa, que tem versões em todo o planeta.

Publicidade
Publicidade

Brown ainda teve que disputar a preferência do menino com os colegas do júri. No entanto, não teve jeito, a criança ficou apaixonada com a emoção e sinceridade do jurado e acabou escolhendo ele. Aliás, impressiona o grande número de candidatos que prefere Carlinhos, menos conhecido no cenário nacional, por exemplo, do que Ivete Sangalo.

Durante toda a sua exibição, o programa da Globo ficou entre os assuntos mais comentados do Twitter. A maioria das pessoas comentava o quanto as crianças da atração eram fofas. Sobre a apresentação de André Marques, muitos ficaram divididos. Alguns achavam que era cedo julgar, já outros diziam que seria melhor a Globo ter chamado Márcio Garcia. A seguir, separamos alguns memes engraçados sobre o programa musical da Globo.

Muita gente achou este candidato a cara do irmão de Sandy, o músico Junior.

Publicidade

Não é que parece mesmo!

Essa gatinha ficou empolgada até sem ninguém virar pra ela.

A sinceridade das crianças trouxe os memes baseados na Gretchen, um dos favoritos no Twitter.

Alguns candidatos parecem com pessoas famosas da web. Que coisa, não?