Diariamente milhares de mulheres de todas as idades são vítimas de estupro no Brasil e no mundo. A violência sexual tem sérios efeitos nas esferas física e mental, gerando para as vítimas consequências severas e devastadoras.

Aos poucos, as celebridades se libertam da vergonha e do medo e revelam que já foram vítimas de estupros e abusos sexuais, que na maioria das vezes aconteceram durante a infância e início da adolescência. Claudia Raia é o exemplo mais recente.

Em entrevista concedida à revista JP, a atriz Claudia Raia confessou que foi vítima de uma tentativa de estupro. Na ocasião, ela tinha apenas 13 anos de idade.

Publicidade
Publicidade

Quando o fato ocorreu ela morava em Nova York, onde atuava como bailarina. Um colega de profissão, que era proprietário do apartamento no qual ela morava, se aproveitou de um momento em que a esposa não estava em casa e tentou assediar Cláudia.

"Ele foi ao meu quarto, perguntou da vida e, em dado momento, sentou ao meu lado e colocou a mão na minha perna", relembra.

No instante em que ele tentou beijá-la, Claudia reagiu e usou um objeto para se defender. "Peguei uma coruja de vidro que estava na mesinha ao lado e quebrei a cabeça dele. Peguei minha mala e saí correndo", completou a atriz.

Sem destino, Cláudia seguiu andando e chorando, até que decidiu parar para descansar. Sentada na escadinha que levava ao porão de um prédio do Soho, ela se distraiu acompanhando os passos das pessoas que caminhavam na calçada.

Publicidade

“Até que dois pezinhos passaram… e voltaram. Eu ouvi: ‘Cláudia!’. Quando olhei, era uma bailarina amiga, do Stagium, que me perguntou o que eu estava fazendo ali. Contei, ela me levou para o apartamento de 50 m2 que dividia com outras quatro mulheres, todas completamente drogadas. Não havia muito espaço para Cláudia ali. “Eu dormia na banheira, côncava, em cima da mala e de um edredom velho”, lembra. O perrengue durou apenas alguns dias. Logo se mudou para um lugar pequeno, mas seguro.

Assim que terminou a temporada em Nova York, Cláudia voltou para o Brasil e, um tempo depois, embarcou para a Argentina com a avó, que queria morar por um tempo em Buenos Aires. Ela foi para passar um mês e acabou ficando por um ano. A virgindade ela perdeu aos 14, em um relacionamento que ela não considera relevante. #Assédio #Abuso Sexual