A consagrada e sensual atriz paulistana Paolla Oliveira fez questão de encerrar o ano de 2016 no que pode ser chamado de grande estilo, uma vez que esteve em uma praia que é um verdadeiro paraíso. A moça delineou ainda mais todo o seu belo bronzeado, refletindo a sua pele dourada pelo sol tropical do Brasil e na sequência fez questão de postar as suas fotos no perfil de sua rede social oficial do Instagram, ainda no dia 31 de dezembro de 2016.

A atriz escreveu o seguinte ao lado da postagem: “sol e só boas energias para esse dia! Bom dia para todos". Pronto! Bastou para que chovessem intermináveis palavras elogiosas à morena que é considerada por muitos uma verdadeira princesa.

Publicidade
Publicidade

Os internautas escreveram “linda”, “perfeita", “deusa” e até a romântica declaração de um dos seus inúmeros seguidores oriundo de sua legião de fãs e admiradores, a saber, “você é a mulher mais linda do universo".

Paolla Oliveira que estreará a próxima novela das nove da #Rede Globo de #Televisão, cujo título é "A Força do Querer", nasceu na Cidade de São Paulo, mais especificamente no bairro da Zona Leste que é a Penha. O pai da mesma é um capitão militar aposentado; porém, antes de ingressar de uma vez por todas no mundo artístico, a paulistana se formou no curso de Fisioterapia.

Por outro lado, Paolla nunca deixou de fazer pequenas pontas em comerciais e desfiles, o que só fez estimular o desejo dela de estudar e fazer teatro, se matriculando na Escola de Atores Wolf Maya. No ano de 2005, por meio de um teste em que teria a oportunidade de viver a personagem Giovana na trama de televisão da Globo, “Belíssima”, ela não só conseguiu o papel, mas contracenou ao lado de estrelas já famosas da TV como Claudia Raia.

Publicidade

A performance da novata conseguiu rapidamente atrair a atenção da crítica especializada e a partir daí, foi um pulo para que Paolla protagonizasse uma moça romântica chamada Sônia na novela “O Profeta” em 2006, subindo um degrau a mais na escada de sucesso.

Outros trabalhos na televisão foram: “Ciranda de Pedra” em 2008; “Cama de Gato” no ano de 2009 e até na 7ª arte já fez diversas incursões nos seguintes curtas e longas metragens: “Noite Fria” e “Envie aos Palhaços” em 2007. No ano posterior, atuou em “Rinha” e em “Entre Lençóis”. Passado mais de um ano (2009), Paolla Oliveira fez o filme “Budapeste” e ainda foi a atriz principal dos longas: “Uma Professora Muito Maluquinha” em 2010 e por fim, “Eu e Meu Guarda-Chuva”, também em 2010.

Diante de um currículo tão rico, é obvio que a atriz é uma das representantes mais talentosas de sua geração e já não precisa provar mais nada para ninguém, que de fato ela veio para ficar. Se realmente o ano de 2017de Paolla for semelhante ao último dia de 2016, ela só terá alegrias, sucesso e muita beleza para esbanjar diante de todos.

Exemplo de mais um dos trabalhos de Paolla para a televisão

#Novelas