A apresentadora #Fátima Bernardes está de volta ao seu programa. Após curtir suas férias, Fátima retomou sua rotina de gravações do programa “#Encontro”. Para comemorar sua volta, a produção convidou o humorista Marcelo Adnet para participar do programa e divertir os telespectadores. Todavia, o humorista fez mais que isso. Ele decidiu cantar um rap, de autoria própria, para Fátima Bernardes. A plateia gostou muito, mas Fátima pareceu um pouco constrangida com a situação.

Fátima Bernardes sempre preferiu manter uma distância entre sua vida pessoal e profissional. Mesmo após a separação com seu ex-marido William Bonner, pouco se ouve falar da vida da apresentadora.

Publicidade
Publicidade

Toda sua descrição fez com que ela ficasse sem graça com as palavras do humorista. Entre outras coisas, Marcelo Adnet brincou sobre o divórcio da apresentadora. Ele disse que além da apresentadora estar solteira, ela está “na pista”. "Na tela da sua TV de segunda a sexta-feira, Fátima Bernardes, tá na pista, tá solteira", cantou o humorista.

A apresentadora não soube lidar com a letra da música. Quando Adnet terminou de cantar ela estava visivelmente constrangida. “O que é isso? Tá maluco?”, perguntou a apresentadora em meio a risadas. Logo após se recompor da situação, Fátima não fez muitos comentários, mas disse ter gostado da música. "Não vou nem comentar, vou dizer só que eu adorei", disse a apresentadora.

Além de falar sobre a solteirice de Fátima, Adnet também falou sobre o fato de Ana Furtado ter substituído Fátima durante suas férias.

Publicidade

“Ela é cria do Méier, tem alma suburbana, se tira férias seu lugar é furtado pela Ana", cantou o humorista.

Adnet também relembrou o momento em que Fátima abandonou o “Jornal Nacional”. "Não era jornalista com seriedade? Ela brinca com artista, ela é de verdade. Deu muito boa noite agora só dá bom dia, para o seu pai, pra sua irmã, pra sua mãe, pra sua tia, mas MC Batman já dizia o que rolou, a história de quando o Brasil todo parou. Era 2011, 5 de dezembro, ela se despediu, eu ainda me lembro, geral comovido com o 'Jornal Nacional', boa sorte com o 'Encontro', vai ser sensacional", compôs Adnet.