Pela segunda vez em menos de um mês, a cantora #Ludmilla é ofendida por causa de sua cor. Após passar a manhã do último dia do ano passado em uma delegacia por causa de uma moça que a chamou de 'nega safada', Lud se vê envolvida em mais um caso lamentável de preconceito racial

O apresentador Marcão, do Balanço Geral de Brasília, programa da Rede Record de Televisão, chamou a cantora de pobre e macaca durante o quadro "A Hora da Venenosa", no dia 9 de janeiro. Nas imagens que circulam pelas redes sociais, a colega de bancada de Marcão, a apresentadora Sabrinna Albert, comenta uma nota sobre a cantora carioca, afirmando que Lud combinava desculpas com os garçons de um restaurante para não tirar fotos com seus fãs.

Marcão dá um show de preconceito e ignorância ao comentar a notícia.

Publicidade
Publicidade

"É uma coisa que não dá para entender. Era pobre e macaca. Mas pobre, pobre mesmo", declarou o apresentador ao vivo, sem nenhum pudor. Vendo que fez um comentário infeliz, ele tentou consertar e resolveu explicar o que disse falando que ele também era pobre e macaco no passado, mas hoje ele é rico de saúde e um homem de Deus.

A explicação não adiantou nada e os internautas estão indignados com o #Racismo do apresentador. Marcão chegou à Record TV Brasília em setembro do ano passado, com o objetivo de subir a audiência local da emissora do Bispo Edir Macedo. Até agora, ele tem agradado aos diretores do canal, desde da sua estreia, o programa marca média de 9 pontos de audiência e chegar a liderar no ibope em alguns momentos.

Veja o vídeo do apresentador ofendendo a cantora

O site Na Telinha procurou Marcão para dar explicações sobre o ato racista.

Publicidade

Através de sua assessoria, o apresentador disse que a sua declaração foi colocada fora de contexto e que aonde ele nasceu, macaco é um gíria. Marcão ainda explica que no Centro-Oeste, região aonde fica sua cidade natal, o termo "macaco" é usado para dizer que determinada pessoa tem experiência em alguma área. Ele finaliza o comunicado afirmando que não é racista e a sua carreira é marcada por respeito. #Famosos