O ano de 2017 começou um pouco conturbado para o ator e galã Leonardo Vieira – muito conhecido por seus inúmeros papéis na Rede #Record, como na novela de grande sucesso “Os mutantes”. Ele foi vítima de ataques homofóbicos cibernéticos, após ser fotografado aos beijos com um rapaz em dezembro de 2016 .

A foto surpreendeu a todos os brasileiros que não suspeitavam da homessexualidade do ator e, infelizmente, pessoas preconceituosas não perdoaram o ocorrido e passaram a enviar mensagens maldosas e homofóbicas nas redes sociais de Leonardo. Muito ofendido com o acontecimento, o ator tomou as devidas medidas e prestou queixa na Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática.

Publicidade
Publicidade

Graças à divulgação da foto, o ator decidiu assumir sua homossexualidade através de uma carta aberta. A atitude foi bastante elogiada pelo público e ele recebeu o apoio de muitos fãs. O ator, em entrevista, até tentou descontrair sobre o assunto, quando foi questionado se continuaria recebendo papéis de galã. Ele disse que esperava que sim, que se ele enganou todo mundo até hoje, deve ser um bom ator.

O que preocupou os fãs foi o fato de Leonardo não estar com contrato assinado com nenhuma emissora no momento. E a emissora que o ator trabalha desde 2005, Rede Record, pertence ao Edir Macedo, bispo da Igreja Universal do Reino de Deus – a preocupação seria que ao se assumir gay, o ator perdesse trabalhos na tal emissora. Mas algo totalmente surpreendente aconteceu, a Record chamou Leonardo para uma reunião sobre a possibilidade de um novo trabalho.

Publicidade

Na última quinta-feira, 12, Leonardo foi convidado pela direção de elenco da nova novela da Record, "Apocalipse" – novela bíblica escrita por Viviane Oliveira, que substituirá “O Rico e Lázaro ” – para discutirem o contrato e o novo personagem do ator. Especula-se que Leonardo tenha sido convidado para ser um dos protagonistas.

A notícia da possível contratação do galã pela Record surpreendeu os fãs, mas também os deixou muitos felizes, já que a emissora não discriminou o ator e deixou o talento dele falar mais alto. O último trabalho de Leonardo na Rede Record foi em outra trama bíblica, “A Terra Prometida”, na qual interpretou um vilão. #Famosos #Homofobia