A magreza extrema do ex-jogador de futebol, Romário de Souza Faria, vem levantado polêmicas no Brasil depois de fotos publicadas em redes sociais nos últimos meses. "Eu tenho 51 anos e eu posso dizer que eu nunca estive tão bem. Dois meses atrás, em 24 de novembro, eu passei por uma cirurgia (bariátrica) e eu estou muito saudável, independentemente do que as pessoas falam", disse o senador para uma entrevista ao jornal da Globo.

O campeão mundial pelo o Brasil em 1994, explicou que o objetivo da operação não foi para ficar 'mais fino', mas para o controle de problemas com diabetes tipo 2, que já estava fora de controle nos últimos cinco meses, com picos que não poderia prever, apesar do tratamento.

Publicidade
Publicidade

"No dia da cirurgia, o nível de glicose no meu sangue variou entre 380 e 400, quando o normal é entre 80 e 120", disse Romário em entrevista.

O jogador passou por uma cirurgia para diminuir o estômago e realocar parte dos intestinos, para estimular a secreção de insulina, o tratamento é experimental e não é aprovado pelas autoridades de saúde. "Quando eu fiz a operação estava pesando 78-79 kg. Perdi quinze quilos nos primeiros 50 dias da cirurgia", disse ele.

O senador do Partido Socialista Brasileiro (PSB) apareceu na semana passada no seu perfil do Instagram com uma foto em um shopping no Rio de Janeiro, que gerou muitos comentários de pessoas que ficaram surpreendidas com o resultado da operação.

"Eu paguei para fazer a cirurgia, como os outros pagam. Eu fiz muito consciente e com bastante calma, sabendo que o resultado seria esse, eu li muito sobre isso e agora sou um homem com uma saúde melhor", relata Romário.

Publicidade

O Conselho Federal de Medicina do Brasil não reconhece este tipo de intervenção para tratar doenças como a diabetes e só se refere a ele como um método de caráter experimental.

Brincalhão

Conhecido como 'Baixinho' por ter 1,69 de altura, também confessou que desde que ele foi diagnosticado com diabetes não vinha sendo cuidadoso o suficiente, por causa de sua paixão por "qualquer tipo de doce, especialmente bolo de limão e agora eu vou ser o Baixinho magrinho", brincou o ex-jogador do Barcelona. #Polêmica #Doença