O ex-jogador da Seleção Brasileira de Futebol e atualmente senador do Brasil, Romário, passou por uma cirurgia para diminuir o diabetes tipo 2. O ‘baixinho’, com esse procedimento cirúrgico, conseguiu perder 10 quilos. Para os médicos que realizaram esse trabalho, o método – conhecido por interposição ileal – apesar de ser uma das poucas opções que podem ajudar as pessoas a combater o diabetes tipo 2, é arriscado. Segundo os especialistas, o procedimento se torna ainda mais arriscado pelo fato de que essa técnica é uma experiência nova no meio científico. Além disso, #Romário estava 20 quilos abaixo do ideal para a realização da cirurgia, por isso, o procedimento realizado no ex-jogador foi arriscado.

Publicidade
Publicidade

De acordo com os endocrinologistas, o Índice de Massa Corporal (IMC) do senador da República estava abaixo do ideal para a realização da cirurgia – menor que 35. Romário mede 1,69 metros de altura e precisaria de mais 20 quilos para realizar a cirurgia com maior tranquilidade. No entanto, a escolha em seguir com o procedimento mesmo sabendo que seria arriscado, ao que parece, deu certo.

Romário tem a diabetes tipo 2, que é a mais comum em pessoas adultas. Esse tipo de diabetes deixa o corpo com pouca insulina – um hormônio que é produzido pelo corpo humano – e isso faz com que a glicose entre nas células sem a devida regulagem, que é feita por esse hormônio. Apesar de ter tido uma vida como esportista e, aparentemente, não estar acima do peso, Romário é portador deste tipo de diabetes.

Publicidade

Segundo alguns especialistas procurados pelo portal Extra, a interposição ileal leva riscos ao paciente no momento da cirurgia, como também pode causar alguns efeitos colaterais no corpo humano. Uma delas é a diminuição da capacidade do corpo das pessoas que passam por esse tipo de cirurgia de absorver alguns nutrientes fundamentais à vida. Nesse caso, que já está acontecendo com o ex-jogador, a pessoa precisa tomar alguns complexos vitamínicos pelo resto da vida. Além disso, Romário terá que fazer exames com regularidade. #Famosos #Doença