A Rede Globo de Televisão antecipou para uma segunda-feira (e não a tradicional terça) a estreia do novo 'Big Brother Brasil'. O reality que entra no ar no próximo dia 23 terá uma novidade, um apresentador diferente. Sai o espetacular Pedro Bial e entra Tiago Leifert, conhecido pelo 'The Voice'. Alguns dias antes da estreia do novo BBB, uma ex-participante voltou à mídia por conta de um estupro. A ex-sister Bella Maia disse que sofreu um estupro na virada do ano. De acordo com ela, a violência sexual aconteceu por um amigo. "Eu fui violentada", desabafou ela em um post no Facebook. O abuso sexual teria sido realizado na estrada de Carneiros, por uma pessoa próxima à Bella.

Publicidade
Publicidade

De acordo com a ex-participante do programa de confinamento, um amigo que confiava muito foi quem se aproveitou do fato dela ter bebido muito.

Após a grande repercussão da revelação, Bella, que na mensagem diz que não fez denúncia na polícia, pois sua avó morreu, acabou apagando a publicação. A famosa disse que a bateria do seu carro estava fraca e ela ficou com o tal amigo. Ele se propôs a dirigir o carro, enquanto a moça apenas seria passageira. Um casal de amigos, que também estaria com eles, confiando nesse rapaz, que é rico, engraçado e branco, fez o caminho sozinho. Bella ficou conhecida pelo seu jeito espontâneo na décima quarta edição do Big Brother, que na época era apresentado por Pedro Bial. Além dele e de Leifert, quem também já comandou o reality foi Marisa Orth.

Publicidade

Bella disse que, ao acordar, não sabia muito bem o que havia rolado no carro. No entanto, ela estava sem roupa e o rapaz estava nu, praticando atos libidinosos no meio da rua. Ainda meio bêbada, a vítima teria feito cara de nojo e se vestido rapidamente. O jovem que estava com ela então tentou ligar para os parentes da ex-participante do programa, mas não teve sucesso. "A vítima não pode se sentir culpada", disse ela, que confessou que naquela noite havia bebido muito vinho. De acordo com ela, quem ajudou de verdade acabou sendo o tipo que é tido como criminoso, gente pobre e negra. #Famosos