Neste domingo, 15, o site 1 News publicou uma reportagem que deu o que falar, na qual ele responde à pergunta feita por milhares de brasileiros, afinal, os apresentadores #William Bonner e #Fátima Bernardes reataram o casamento por conta dos filhos? A informação começou a ser disseminada em blogs na internet, mas para a tristeza de muitos não é real. No fim do ano, a própria assessoria de comunicação dos repórteres negou a informação, dizendo o que todo mundo já sabe, que eles são só amigos e nada mais. Ainda assim, uma foto antiga dos dois se beijando circula na web e provoca polêmica, pois aparenta ser recente. O flagrante, no entanto, é do ano de 2012, quando o ex-casal estava em um período bom.

Publicidade
Publicidade

O anúncio do divórcio dos apresentadores mais famosos do jornalismo brasileiro foi dado em agosto do ano passado. A informação oficial é de que eles continuam a ser amigos, mas segundo uma notícia dada no começo do ano no UOL, o contato de William com Fátima não é dos melhores. Após o acidente de carro envolvendo seu filho, os comunicadores precisaram ir ao Hospital Vitória, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. Eles mal se comunicaram no local, no qual realizaram uma doação de sangue para o jovem Giuliano Castro, de dezenove anos. O rapaz é amigo de Vinícius e estava no banco de trás do veículo, quando esse colidiu com um caminhão de cerveja. Vinícius é quem dirigia o carro de passeio, que rodou na pista e atingiu um terceiro veículo. Apenas Giuliano foi ferido com gravidade.

Publicidade

A separação dos dois apresentadores, após terem filhos maiores de idade, virou objeto de discussão até mesmo de paranormais. Videntes se dividem sobre o futuro dos dois. Alguns garantem que eles vão voltar. Já Márcia Fernandes, conhecida paranormal, fala que o carma da dupla é viver um longe do outro ao fim da vida, mas longe entre corpos. Eles, segundo ela, após um tempo, vão voltar a ser amigos e darem o perdão um ao outro. Isso não significará, entretanto, que eles serão marido e mulher. E você, no que acredita? Comente!