Paris Jackson, a filha do rei do pop, Michael Jackson, cresceu e completou 18 anos recentemente. Esse mês a menina foi capa de umas das revistas mais vendidas dos Estados Unidos, a Rolling Stone – que se dedica a escrever conteúdo de música, política e cultura popular – e deu uma entrevista polêmica que ganhou grande repercussão, tornando-se um dos assuntos mais comentados das redes sociais.

Paris afirmou que a #Morte de seu pai não foi causada simplesmente por intoxicação de remédios, seguida de uma parada cardíaca, mas que o cantor foi assassinado. Ela justifica dizendo que muita coisa aponta para isso, que parece besteira ou teoria da conspiração, mas que sua família e os fãs mais fiéis sabem que ela está falando a verdade.

Publicidade
Publicidade

Ao ser questionada se vai seguir adiante com as acusações e pedir a reabertura do caso de seu pai, Paris diz que tudo precisa ser feito minuciosamente e na hora certa, não afirmando se dará ou não continuidade nas investigações.

Ela foi ainda mais fundo, relembrando momentos com se pai. Apesar de pequena na época em que tudo aconteceu, Paris se recorda de seu pai dizendo que pessoas queriam pegá-lo e matá-lo. Ela conta que muitas pessoas tinham interesse em vê-lo morto.

A morte de #Michael Jackson

Michael Jackson morreu no dia 25 de junho de 2009, deixando milhões de fãs em todo o mundo. No laudo de seu óbito, que saiu apenas dois meses após sua morte, dizia que ele sofreu uma parada cardíaca em decorrência de uma intoxicação por uso abusivo de Propofol, além do uso crônico de vários benzodiazepínicos, revelando seu vício nessas drogas – usadas para controle de insônia e ansiedade.

Publicidade

O que chamou muita atenção na época foi a negligência de socorro por parte de seu médico particular, Dr. Conrad Murray, que através da investigação foi constatado que ele demorou para telefonar para o socorro, cerce de 81 minutos após a parada cardiorrespiratório de Michael.

Episódio de tentativa de suicídio

Paris tinha apenas 11 anos quando seu pai morreu, e, desde então, parece que a menina viveu uma vida muito conturbada. Prova disso foi o episódio em que ela cortou os pulsos em 2013, quando tinha 15 anos, deixando uma carta de despedida. A jovem foi rapidamente socorrida e nada de mais grave ocorreu. #Famosos