Em entrevista ao portal de celebridades EGO, publicada nesta segunda-feira, 16, a atriz Deborah Secco decidiu pedir "socorro" às ameaças que ela e sua família estão recebendo na internet. Os comentários não são somente feitos em posts dela, mas também nos de Bruno Gagliasso, que é próximo à Secco e que tem uma filha adotiva, Titi. As crianças costumam interagir e quando os pais postam imagens de uma simples brincadeira, alguns usuários fogem da compostura e falam até em assassinato nos posts. No caso de Deborah, as ameaças contra ela começaram no ano passado. Ela disse que há cerca de quatro meses foi à uma delegacia de São Paulo, mas sem um advogado.

Publicidade
Publicidade

No local, ela registrou a queixa, mas nada foi feito.

"As ameaças são direcionadas mais a mim, mas também ao meu marido e à Família como um todo", explicou a atriz, que diz que até sua filha pequena, Maria Flor, é alvo dos comentários. Segundo Secco, a investigação do crime foi, inicialmente, realizada em uma delegacia de Congonhas, em São Paulo, que fica dentro do aeroporto da cidade. No entanto, ela foi encaminhada para uma especializada em crimes virtuais. Quatro meses depois, ao questionar como andavam as apurações, Secco diz que ouve que os policiais ainda investigam o caso. "Nada até agora", disse ela reclamando da demora, enquanto os criminosos que fazem as ofensas e ameaças contra sua família ficam impunes.

Falta de informações

A Delegacia que cuida do caso é a vinculada ao Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic).

Publicidade

Segundo o portal de celebridades EGO, a entidade foi procurada para comentar os rumos da investigação, mas até agora não respondeu à reportagem do site vinculado ao grupo Globo. Agressões à filha de Deborah Secco são feitas até em fotos de Bruno Gagliasso. Veja abaixo uma delas, em que o autor do comentário diz que pode matar Secco e deixar Maria Flor sem mãe. Geralmente, essas mensagens são feitas pelos chamados "fakes", perfis que não tem fotos ou amigos, complicando a vida dos investigadores.

#Famosos