Após tantos escândalos no processo de divórcio do casal Johnny Depp, de 53 anos, e Amber Heard, de 30 anos, finalmente os dois se separaram legalmente nesta sexta-feira (13).

Depp é conhecido por estrelar grandes filmes como “Edward mãos de tesoura” (1990), “A fantástica fábrica de chocolates” (2005), a saga “Piratas do Caribe” (2003-2017), dentre muitos outros. Foi durante as gravações de um de seus filmes, “Diário de um jornalista bêbado” (2011) que o ator norte-americano, conheceu a atriz e modelo Amber Heard, com quem assumiu o namoro um ano mais tarde, vindo a se casar com ela em fevereiro de 2015.

Só que o casamento foi por água a baixo, durando apenas um ano e três meses.

Publicidade
Publicidade

Em maio de 2016, Amber acusou o ator de violência doméstica. Segundo ela, não bastasse ter quebrado vários objetos na residência do casal após uma briga terrível durante viagem à Austrália, o famoso das telas do cinema, ainda teria lançado um celular em seu rosto.

Essa violência, aliás, foi um dos motivos do pedido de divórcio por parte de Heard, chegando a apresentar fotos dos ferimentos em seu corpo como provas das agressões.

O astro, por sua vez, também não ficou de fora e, negando todas as acusações da atriz, acusou Heard de traição com Billy Bob Thornton, o ex de Angelina Jolie. Ainda contou com a "ajuda" do comediante Dough Stanhope que disse que Amber chantageava e manipulava o esposo.

Stanhope foi processado por difamação pela modelo mas, teve a denúncia retirada com a ajuda dos advogados de Johnny Depp a fim de facilitar o processo do divórcio.

Publicidade

Apesar de tanta turbulência, o processo de separação que, teve início no mês de maio do ano passado, encerrou nesta sexta-feira com um acordo de divisão de bens.

Separação justa e lucrativa

O ex-casal entrou em negociação e o ator ficou responsável por depositar nada mais nada menos que U$ 7 milhões (o equivalente a R$ 23 milhões) na conta da ex que, afirmou que enviará o dinheiro às instituições de caridade. Amber ainda teve direito a dois carros, um cavalo e dois cachorros de estimação.

Para Johnny Depp “restou” uma mansão em Los Angeles, algumas casas em Kentucky, França e Bahamas, além de 42 veículos incluindo, carros, motos, barcos e carrinhos de golfe.

Para muitos, a divisão dos bens de Depp e Heard foi justa e igualitária, até porque juntos ou separados os dois continuam ricos e #Famosos. #Separacao #JohnnyDepp