O corpo de Russo, ex-assistente de palco da TV Globo, canal onde trabalhou por mais de quarenta anos, foi enterrado por volta do meio dia e meia em uma cova simples, no cemitério de Xerém, na Baixada Fluminense. Menos de cinquenta pessoas compareceram à despedida do personagem icônico da televisão, nenhum famoso. Nomes como o da apresentadora Maria da Graça #Xuxa Meneghel e #Luciano Huck preferiram usar o Facebook para dar o seu "adeus". Ambos foram muito criticados nas redes sociais, pois o assistente foi demitido em 2015 e desde então reclamava de dificuldades para a própria sobrevivência.

A mãe de Sasha, inclusive, chegou a bater boca nas redes sociais.

Publicidade
Publicidade

Ela disse que ajudou sim o contrarregra, mas que ele ainda precisava de mais ajuda. Em 2015, pouco após ser demitido da Globo, o ex-assistente de programas como o 'Cassino do Chacrinha' e o 'Domingão do Faustão' chegou a gravar um vídeo em que reclamava do fato da Globo não o ter chamado para a sua festa de cinquenta anos. O canal não voltou atrás e #Russo decidiu então dar uma entrevista para o apresentador Geraldo Luís, da TV Record. Na conversa, ele disse que foi abandonado pelos famosos e pelo canal, revelando que apenas Luciano Huck realmente o teria ajudado a comprar uma casa.

O ex-contrarregra morreu neste sábado, 28, no Hospital particular Mario Lioni. Ele foi vítima de uma grave infecção pulmonar. Apesar de não ter mais contrato com o canal carioca, Russo tinha um plano de saúde que recebia da emissora.

Publicidade

A família de Russo diz que ele já não reconhecia as pessoas nos últimos tempos, mas que ficou muito triste com sua demissão, pois amava muito o que fazia. Em 2013, em entrevista ao jornal carioca Extra, o ex-contrarregra chegou a dizer que morreria no Projac, fazendo o que mais gostava, as brincadeiras nos programas.

Com um rosto esquisito e nariz grandão, Russo chamou a atenção do apresentador Abelardo Barbosa, que deu a ele a missão de jogar bacalhau para a plateia. Ele também colocava fantasias durante os programas.