A Rede #Globo surpreendeu com a decisão de não manter o contrato com o jornalista Luis Ernesto Lacombe, que integrava a equipe do jornal matinal "Bom Dia Brasil". De acordo com o site #Famosos na Web, o apresentador não sabia que seu contrato seria finalizado, anunciando, em sua última participação ao vivo no jornal, que voltaria em fevereiro, após o término de suas férias.

Com mais de 20 anos na emissora, Lacombe iniciou a carreira no canal Globo News, onde ganhou notoriedade após a cobertura dos atentados terroristas de 11 de setembro de 2001, em Nova York. O apresentador ainda foi assunto de comentários nas redes sociais recentemente, por chorar durante a cobertura da queda do avião da Chapecoense no final do ano passado.

Publicidade
Publicidade

Para substituir o jornalista, Cris Dias será escalada, ocupando todos os postos que ele fazia parte.

Segundo o site TV Foco, há uma conversa entre os profissionais da Band para que haja uma contratação do rapaz. Os colegas não escondem a admiração pelo jornalista, que ainda não foi contatado pela emissora dos Saad.

Crise

O problema seria a falta de dinheiro da Bandeirantes. O canal passa por uma forte crise e não se sabe se há dinheiro em caixa para fazer uma contratação de grande porte como esta. Vale lembrar que a rede paulista precisou abrir mão de profissionais e cortar grandes salários por falta de verba. Para recordar, o programa 'CQC' foi cancelado, assim como foi demitido o apresentador Luiz Bacci, dono de um dos maiores salários da estação.

A crise na audiência também é um fator assustador na emissora.

Publicidade

Com poucas exceções, os programas não conseguem alcançar nem dois pontos no Ibope.

Os programas MasterChef', Jornal da Band e Brasil Urgente são os que melhor pontuam na audiência, mas mesmo assim, raramente conseguem beirar a vice-liderança. Nem o Pânico tem mais marcado índices satisfatórios.

Luz no fim do túnel

Entretanto, a contratação de Lacombe seria mais um reforço para o jornalismo, que é a marca maior da rede. Nomes como Datena, Boechat e Fernando Mitre ainda são os mais lembrados pelo mercado publicitário. #Televisão