Internautas envolveram o apresentador global #Luciano Huck em uma polêmica bem complexa, tudo por conta de tweet bem antigo, no ano de 2009, em que o marido de Angélica mandou uma mensagem desejando ‘parabéns especial’ ao atual foragido da polícia #Eike Batista, ao então prefeito do Rio de Janeiro Eduardo Paes e para o ex-governador também do Rio Sérgio Cabral. Este último se encontra preso e é acusado de diversos crimes financeiros.

Seguidores de Luciano encontraram a postagem antiga e resolveram colocar fogo no circo. Eles não apenas “ressuscitaram” a mensagem, como também caíram de pau repudiando e reprovando a atitude do apresentador.

Publicidade
Publicidade

Alguns pediam que o tweet fosse deletado, outros suspeitavam da integridade moral do rapaz por ter algum tipo de amizade com pessoas que estão envolvidas com falcatruas até o pescoço.

Até a manhã desta sexta-feira (27) a mensagem não foi deletada, e a assessoria de imprensa de Luciano Huck também não se manifestou a respeito.

Vale lembrar que Sérgio Cabral e Eike Batista estamparam páginas políticas e policiais por diversas semanas seguidas, e o questionamento sobre um apresentador com a popularidade de Luciano Huck ao manter vestígio de qualquer contato com estas pessoas é no mínimo curioso aos olhos de fãs e seguidores.

E esta semana a situação do empresário Eike Batista não está nada fácil. Ele, que já foi o oitavo homem mais rico do mundo no prestigiado ranking da revista Forbes, com uma fortuna de US$ 34 bilhões de dólares, entrou numa maré de dificuldades e teve seu patrimônio reduzido ao pó.

Publicidade

Hoje seu saldo é de mais de US$ 1 bilhão negativo. Investidor do setor petroleiro, sua grande aposta, a empresa OGX, declarou falência, o que o obrigou a sair da administração e controle das restantes. Eike também colocou à venda bens pessoais como carros luxuosos, aviões particulares e iates.

Investigado por diversos crimes como lavagem de dinheiro, propinas e falsidade ideológica, ele também se tornou alvo da operação #Lava Jato e atualmente é considerado foragido da justiça e procurado até mesmo pela Interpol.