O programa “Big Brother Brasil 2017” começou com muitas polêmicas, tais como racismo, xenofobia e preconceito. Na última sexta-feira (27/01), o brother #Marcos foi acusado de tentar beijar a sister Emilly contra sua própria vontade. Algumas mulheres da casa, como Vívian e Mayara, já deixaram bem claro que Marcos pensa que é superior a todos. Além disso, não respeita as mulheres da casa.

Após muitas discussões, Emilly deixou bem claro que Marcos tentou beijá-la de maneira inconveniente. Mas, depois do ocorrido, ela procurou o participante para esclarecer tudo que tinha acontecido durante a festa e disse que não queria arrumar intrigas com nenhum participante da casa.

Publicidade
Publicidade

Marcos, por sua vez, pediu desculpas pelo ocorrido e deixou bem claro que havia bebido além do que devia, não estava consciente e não conseguia lembrar-se do que havia acontecido durante a festa.

Após a conversa, Emilly pediu para que Marcos pegasse mais leve com as bebidas e com as mulheres da casa, para não causar mais problemas. A sister, aparentemente, o perdoou.

Após o acontecido, Marcos foi indicado para o primeiro paredão do Big Brother Brasil 2017. Emilly tornou-se a sua defensora número 1. A gaúcha está bastante irritada com a interpretação que todos fizeram sobre o médico e diz que tudo não passou de um mal entendido.

Polêmica nas Redes Sociais

Dentro da casa, Marcos pode ter sido perdoado por Emilly. Porém, nas redes sociais o brother tornou-se alvo de críticas, principalmente por conta do público feminino.

Publicidade

Foi bastante acusado de ser machista e inconveniente, por desrespeitar as mulheres da casa.

Nesta terça-feira (31), Marcos estará presente no primeiro paredão do BBB 17 e enfrentará a participante Flor. Para muitos, Marcos não merece mais ficar na casa após o suposto beijo forçado em Emilly.

Apesar de muitos fãs estarem contra Marcos, o participante também ganhou uma força extra para o paredão. Muitos fãs alegam que Emilly está se fazendo de vítima, para que as mulheres possam sobressair-se em relação aos homens dentro da casa, e que os direitos devem ser iguais para homens e mulheres. #Emily #BBB Big Brother Brasil