O mundo da televisão perdeu nesta terça-feira (3) a atriz e escritora #Vida Alves, de 88 anos, que foi protagonista do #Primeiro beijo e do primeiro beijo gay da história da TV brasileira.

Ela estava internada no hospital Sancta Maggiore, na cidade de São Paulo, desde o dia 29 de dezembro. A morte foi causada por falência múltipla de órgãos.

Ainda não há informações sobre velório e sepultamento da atriz, que deixa dois filhos, três netos e três bisnetos. Uma das netas de Vida Alves é a cantora Tiê, que fez uma declaração a avó em sua página oficial no Facebook.

“Dona Vida Alves fez a passagem. Minha amiga, minha avó, minha parceira, minha musa beijoqueira.

Publicidade
Publicidade

88 anos de muita luz, amor, arte e vida. Vire estrela e descanse em paz. Te amo pra sempre e vou sentir saudades todos os dias”, postou a cantora, que é seguida por quase 500 mil pessoas.

Muitos internautas deixaram mensagens de apoio à família na postagem feita por Tiê. “Deus lhe dê muita força e sabedoria para enfrentar esse momento. Que você e sua família possam ficar bem”, disse um seguidor.

“Vi na TV e de imediato lembrei de você. Meus sentimentos, Tiê, e força para você e seus familiares”, postou outro.

Carreira

Natural de Itanhandu, em Minas Gerais, Vida Alves nasceu no dia 15 de abril de 1928. Ela deu o primeiro beijo da história da TV, em 1951, no ator Walter Forster, na novela “Sua Vida me Pertence”, exibida pela Rede Tupi.

Como na época não havia o vídeotape, tudo era ao vivo na televisão, o beijo não foi registrado.

Publicidade

“O fotógrafo da época foi um pouco censor, não fez fotografia, alegando que não iriam publicar. Não havia vídeotape, não havia foto. Ficou apenas para quem assistiu e nós, os atores", disse Vida Alves em uma entrevista.

Em 1963, a atriz foi além e quebrou paradigmas ao dar o primeiro beijo gay da história da #TV brasileira. A cena protagonizada ao lado de Geórgia Gomide foi ao ar em um dos episódios do programa “TV de Vanguarda”.

Em 2004, a atriz interpretou ela mesma na minissérie “Um Só Coração”, exibida pela Rede Globo em comemoração aos 450 anos da cidade de São Paulo.