O nome da atriz Larissa Manoela - sem o seu consentimento - estava sendo usado para um crime de abuso infantil. A informação ganhou destaque em diversos portais brasileiros. Um homem, que por vezes se passava pela atriz e em outras oportunidades por seu fã clube, aproveitava da fama da contratada do SBT para fazer pedidos inusitados às crianças. Em troca de um suposto encontro com Manoela, o aliciador pedia fotos dos menores. Após conquistar a confiança, ele dava desculpa para conseguir mais imagens das crianças, usando roupas menores, por exemplo. Não se sabe ainda se o aliciador conseguiu fotos dos menores nus.

A universitária Suellen Rocha, de vinte e quatro anos, foi quem denunciou o caso.

Publicidade
Publicidade

Em entrevista à 'Folha de São Paulo', ela disse que o perfil pediu à sua sobrinha - de apenas dez anos - uma foto dela usando um shortinho curto. A menina então falou com a tia, que decidiu se passar por ela nas redes sociais. Ao questionar porque o aliciador queria aquilo. O homem então deu uma desculpa e os prints da conversa foram enviados à Polícia Federal do Espírito Santo, onde a universitária vive.

De acordo com a assessoria de imprensa da atriz do SBT, a equipe jurídica da famosa teria ajudado a família da garotinha no caso. Além disso, Lari aproveitou para sinalizar que suas redes sociais oficiais são verificadas. No caso do Facebook, existe o selo azul, que facilita a relação. A universitária, que expôs o caso, no entanto, alerta que adultos acreditam em falsas promoções e que crianças são ainda mais facilmente iludidas com o que vem na internet

Veja abaixo o post feito pela universitária após a repercussão do caso.

Publicidade

Na postagem é possível ver alguns prints feitos por ela. O homem chega a dizer que está usando uma cueca boxe para quem acredita ser uma garotinha. No Brasil, o crime de pedofilia é estabelecido quando alguém tenta aliciar - de maneira sexual - crianças ou adolescentes menores de quatorze anos. Não é necessário o sexo em si para que o crime seja estabelecido.

#Famosos