A Polícia Civil do Estado do Rio comentou nesta quarta-feira (4) sobre o acidente com Vínicius Bonemer, de 19 anos, filho dos jornalistas #Fátima Bernardes e #William Bonner. O veículo em que ele e o primo, Giuliano Castro, estavam colidiu com um caminhão, que carregava cervejas na manhã desta terça-feira (3) em Cabo Frio, Região dos Lagos do Rio.

De acordo com a Polícia Civil, a colisão envolveu um golf, um evoque e um caminhão. O filho e sobrinho dos jornalistas estavam no Golf e foram socorridos inicialmente para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Cabo Frio. Em seguida, eles foram encaminhados para um hospital particular da cidade.

Publicidade
Publicidade

Giuliano Costa foi transferido para o Hospital Samaritano, no Rio, e seu estado é considerado estável. Os ocupantes dos outros dois veículos não teriam se lesionado.

Segundo o boletim médico, Vinícius deu entrada no hospital lúcido. Foi informado à equipe policial que ele forneceu amostra de sangue para realização de exame de alcoolemia, cujo resultado ainda não saiu. Ele foi ouvido na 126ª DP, em Cabo Frio, por volta das 22 horas, após receber alta.

Vinicius relatou à polícia que estava retornando de Búzios, seguindo para o Rio de Janeiro, sendo que, por volta das 7h30, quando foi atravessar o cruzamento no trevo de Búzios, avistou um caminhão que seguia aparentemente em baixa velocidade na rodovia e ele entendeu que este havia lhe dado passagem e, por isso, iniciou a manobra de travessia.

Publicidade

Logo depois, sentiu o choque da colisão entre seu veículo e o caminhão. Devido à colisão, seu veículo Golf rodou na pista, atingindo um terceiro veículo, o Evoque.

Ainda segundo informações da polícia, o filho de Fátima estava com a permissão de dirigir vencida, contudo, dentro do prazo de 30 dias, o qual a legislação de trânsito brasileira prevê a possibilidade de renovação sem incidência de multa.

A Polícia Civil disse ainda que vai ouvir outras pessoas, visando apurar a responsabilidade no acidente, bem como a comunicação tardia do fato feita à delegacia. #Vinícius Bonemer