A polícia de Saquarema, no Rio de Janeiro, já confirmou o mais triste. A cantora Loalwa Braz, vocalista do grupo Kaoma, foi assassinada. Ela ficou conhecida em todo o mundo por disseminar a lambada, vendendo mais de vinte e cinco milhões de discos. Seu maior sucesso foi a música 'Chorando se Foi', que ganhou até outras versões com artistas internacionais. De acordo com o delegado do caso, Loalwa estava viva, quando os seus três agressores colocaram fogo no carro. Ou seja, ela morreu "queimada viva". Antes disso, eles roubaram a casa e tentariam um sequestro. Loalwa apanhou com um pedaço de madeira e estava sendo levada no veículo, quando esse morreu.

Publicidade
Publicidade

Sem saber o que fazer, os criminosos decidiram fazer a "queima de arquivo", a fim de que a profissional da música não os identificasse e os denunciasse à polícia.

Um dos assassinos da vocalista do grupo Kaoma era justamente quem ela menos esperava Wallace de Paula Vieira, era funcionário da pousada que a cantora mantinha em Saquarema, no estado do Rio de Janeiro. O rapaz, de vinte e três anos, apareceu há cerca de duas semanas pedindo uma oportunidade de trabalho. A artista acabou empregando o homem como uma espécie de caseiro, mas jamais poderia imaginar que seria ele quem daria cabo em sua vida. A morte da artista chegou a repercutir internacionalmente. A polícia agora procura o terceiro envolvido na morte da famosa. Ele, dos três, é o único que está foragido.

Alguns vizinhos da pousada, no entanto, dizem ter visto quatro homens correndo no local.

Publicidade

Com os dois presos, os policiais apreenderam quinze mil reais, além de objetos pessoais, como um disco de ouro, dado à famosa devido a seu grande número de venda de discos. Na internet, os fãs da hoje empresária lamentaram a morte cruel. "Nossa, eu cresci ouvindo lambada. Roubam, bate e ainda queimaram ela vivo? Isso só pode ser um pesadelo", disse um internauta.

Na sua opinião, que tipo de pena deveriam ter esse tipo de criminoso? Não esqueça de deixar seu comentário. Ele é sempre importante. #Famosos