Há 24 anos, a atriz Daniella Perez, esposa de Raul Gazola, foi assassinada por Guilherme de Pádua e sua esposa, Paula Thomaz.

Em entrevista ao Ego, da Rede Globo, o ator conta sobre os três enfartos que sofreu desde o caso e afirma que todos foram causados pelo estresse: “O pai da Dani morreu de tristeza, a Glória teve câncer e eu enfartei três vezes".

O ator, que se prepara para voltar à telinha, em “Flor do Querer”, próxima novela das 8, da Rede Globo, declarou que nunca buscou por vingança, não tem como perdoar, mas também não cultiva o ódio.

Saiba mais sobre a morte da atriz

Ocorrido no dia 28 de dezembro de 1992, o caso policial recebeu ampla cobertura da imprensa e foi grande a comoção popular causada.

Publicidade
Publicidade

Foi uma época em que todos viam um exemplo terrível de como a vida imita a arte.

Daniella fazia a novela “De Corpo e Alma” e era par romântico de Guilherme de Pádua, por quem foi assassinada na vida real.

O caso chocou demais porque além de trabalharem juntos como par romântico, serem artistas, Guilherme de Pádua prestou solidariedade a todos do elenco e chorou com eles. Guilherme e sua esposa, Paula, chegaram a consolar a mãe da atriz e autora da novela, Glória Perez, na delegacia.

Tudo foi descoberto com a ajuda do advogado Hugo da Silveira, que passava de carro pelo local e achou estranho dois carros estacionados em local suspeito e comunicou a polícia, que chegou até Guilherme pela placa do carro.

O corpo de Daniella foi encontrado numa floresta na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, com estocadas de faca, tesoura ou punhal (a arma do #Crime nunca apareceu, mas Guilherme afirma que a esposa carregava uma tesoura).

Publicidade

Guilherme de Pádua e esposa, Paula Thomaz, foram condenados por júri popular.

Ao longo de 5 anos, Guilherme de Pádua testou várias versões através da imprensa, assim como Paula Thomaz

Nenhum dos dois convenceu o júri, e ambos foram condenados por homicídio duplamente qualificado: motivo torpe e impossibilidade de defesa da vitima.

Motivo da morte? Ciúme. Veja todos os detalhes desse ato que abalou o Brasil 24 anos atrás e que ainda gera comoção por sua violência.

Se hoje fosse viva, Daniella estaria com 47 anos.

Reportagem da morte

#assassinato #Famosos