O governo de Donald #Trump mal começou e já está causando confusão entre os famoosos. Tudo teve início quando a cantora pop Rihanna fez um comentário em seu perfil pessoal, criticando o decreto assinado por Trump, que impede a entrada de imigrantes e refugiados, provenientes de sete países específicos do Oriente Médio, nos Estados Unidos. A medida também foi criticada por diversos artistas americanas e gerou uma onda de protestos no JFK, maior aeroporto dos Estados Unidos, onde, neste sábado (28), pessoas começaram a ser impedidas de entrar no país.

A musa - que é imigrante, nascida em Barbados, no Caribe - postou: "Enojada! Essa notícia é devastadora.

Publicidade
Publicidade

A América está sendo arruinada em frente aos nossos olhos. Que porco imoral você precisa ser para implementar tamanha merda!". Foi o sufieciente para iniciar uma discussão acalourada com a rapper Azaelia Banks, dedicada defensora de Trump, conhecida por comentários polêmicos e por xingar os brasileiros em uma outra discussão no Twitter.

Azaelia começou a insultar #Rihanna em seu Instragram, usando palavrões e fazendo apologia ao uso de drogas. Rihanna a princípio ignorou as ofensas, e seguiu criticando a medida do governo, postando fotos que caracterizam uma pessoa sendo torturada com a bandeira dos Estados Unidos cobrindo a cabeça. Até o momento, sem citar Azaelia, que não parou de criticá-la.

Foi então que a cantora, não suportando mais as ofensas, tirou um print de uma mensagem enviada por Azaelia e pôs como foto de perfil no seu Twitter oficial, onde tem quase 70 milhões de seguidores.

Publicidade

Detalhe: no print Azaelia diz algo como "(...) Já pensou em parar pra pensar que é por isso que você é viciada em drogas e sexo?" e é possível ver seu número de telefone pessoal. Milhões de pessoas tiveram acesso ä informação.

Não demorou muito para a rapper fazer o mesmo e expor o número pessoal de Rihanna em sua conta oficial também.

A medida que veta a entrada de imigrantes nos Estados Unidos está sendo criticada por grande parte da comunidade artística, sendo constantes os discursos a favor de imigrantes em premiações. #Polêmica