#ronaldo Fenômeno fez um malabarismo para expulsar inquilinos de um imóvel localizado em Taquara, Jacarepaguá. O espaço é grande e abriga duas salas comerciais. O espaço era alugado por profissionais da saúde, incluindo fisioterapeutas, nutricionistas e dentistas, eles afirmaram que se sentiram muito prejudicados e acabaram prejudicando seus pacientes que ficaram sem atendimento.

O aluguel das salas custas R$ 4 mil, o valor estava sendo pagos em dia e o contrato de locação iria até fevereiro de 2018, ou seja, os inquilinos estavam agindo conforme o combinado do contrato. Advogados de Ronaldo enviaram um pedido para que os inquilinos deixem as duas clínicas em um prazo de 5 dias.

Publicidade
Publicidade

Os profissionais da saúde alegam que não receberam nenhuma notificação e que já não conseguem atender pacientes, pois estão há dias sem água e também, a recepção do prédio permanece fechada com os elevadores simplesmente desligados.

No contrato de locação, consta que caso o contrato seja rescindido, o locatário tem o prazo de 30 dias para deixar o local, e claro, seria notificado. O caso agora buscará uma solução na Justiça.

Outro inquilino

A faculdade Estácio de Sá, também aluga uma sala no mesmo prédio, o objetivo de tirar os outros inquilinos é para a faculdade ter mais espaço e a ação ser feita antes que se inicie o ano letivo, o outro imóvel que a faculdade ocupa é também de Ronaldo Fenômeno.

O nome da irmã de Ronaldo, Ione dos Santos Lima, aparece como a responsável por cobrar os inquilinos e assumir todos o empreendimento caso seja necessário, porém, o verdadeiro dono de todos os imóveis é Ronaldo.

Publicidade

A irmã de Ronaldo já apareceu na mídia por conta de uma #clínica que ela assumia. Sendo fisioterapeuta, Ione tinha a Fisio R9, mas o negócio não estava dando lucros por conta da administração. As informações sobre a Fisio R9 são de uma notícia de 2013, na época a irmã de Ronaldo se surpreendeu com a especulação da mídia de que seu negócio estava caminhando mal. Ela ganhou a clínica do irmão para administrar. #Negócios