A confusão entre Léo Dias e Danielle Winits, que começou semana passada, parece que vai render muita fofoca ainda. Agora o marido de Danielle, o ator #André Gonçalves, juntou-se a polêmica com vídeo bombástico.

Entenda a polêmica

Na última terça-feira (3), Léo Dias publicou em sua coluna que Danielle Winits alegou gravidez para embarcar no avião para Nova York com prioridade, evitando assim a longa fila que se formava na área de embarque no aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro. Daniela estava indo, junto com seu marido, no dia 30 de dezembro passar a virada do ano na Big Apple.

A atriz rebateu a nota do jornalista utilizando as redes sociais na sexta-feira (6).

Publicidade
Publicidade

Em sua nota, Winits chama Léo Dias de pseudo jornalista e declara que ele tem falta de respeito com o próximo. E termina dizendo: "merece ser amado pelo amor que o falta, pela mentira que o completa, pela incompletude que o cerca."

#leo dias, utilizando também sua conta no Instagram, respondeu a atriz que tinha testemunhas do embarque e, como revanche, fez mais revelações sobre Danielle. O jornalista afirmou que ela, enquanto casada com Amaury Nunes, estava tendo um caso com seu personal trainer e que os dois estiveram juntos na pizzaria Braz, na Barra. Confira os dois post em nossas imagens.

A confusão não ficou por aí, na sexta mesmo André Gonçalves decidiu entrar na briga para defender a esposa, com quem está a pouco mais de um mês casado. Pelas redes sociais, o ator divulgou um vídeo em que faz ameaças ao jornalista.

Publicidade

Ele diz que não irá processar Léo, mas irá quebrar seus dentes. - veja o vídeo.

E a confusão não acabou por aí. Zezé Di Camargo também juntou-se a confusão, chamando o colunista de mentiroso e afirmou já ter processado ele. Apoiou a atitude de André, afirmando que todos que foram prejudicados por Léo deveriam ter a mesma atitude, mas que isto não ocorre por medo.

Hoje (9), Léo Dias declarou em seu programa diário no SBT, "Fofocando", que iria processar quem ofendesse sua profissão e que a Justiça que deverá determinar quem tem razão e não a força ou a violência.

#Zezé di Camargo