O #Jornalismo na TV brasileira é, sem dúvida, uma das atrações que mais rendem audiência para os canais de TV. As emissoras, através das filiais espalhadas pelo Brasil, informam os telespectadores sobre as mais variadas notícias que acontecem no país.

Tendo que se adaptar aos locais de gravação, os jornalistas precisam ter jogo de cintura para passar a mensagem com exatidão e não serem distraídos pelo que acontece ao lado. Um fato semelhante a esse aconteceu nessa quinta-feira (5) durante uma reportagem da Rede #Globo. A jornalista Zelda Mello foi até uma feira na cidade de São Paulo para mostrar os preços de alguns alimentos, porém, quando foi falar o preço do feijão ela foi atrapalhada por uma senhora que estava fazendo suas compras.

Publicidade
Publicidade

Todos os dias, saem nas manchetes dos jornais brasileiros notícias sobre a crise econômica do país e o aumento do preço de gêneros alimentícios. Hoje, a jornalista Zelda Mello foi em uma feira na cidade de São Paulo para mostrar o preço dos principais alimentos consumidos no país. Porém, ela não esperava que, no meio de sua matéria teria um pequeno contratempo. Uma senhora, que estava fazendo suas compras, não viu que a repórter estava fazendo uma transmissão e ficou na frente da câmera. Tentando desviar da senhora e com a sacola de feijão na mão, a repórter disse que a feira estava muito cheia.

Assista o vídeo

Pode-se observar que o vídeo tem somente sete segundos, porém, suficiente para que os internautas se divertissem com as imagens.

Há algum tempo, Sandra Annenberg, apresentadora do “Jornal Hoje”, também ganhou destaque na internet ao comentar sobre uma situação parecida.

Publicidade

Uma outra jornalista fazia uma transmissão ao vivo durante o jornal até que foi incomodada por várias pessoas pulando e gritando em frente às câmeras. Sandra Annenberg parou a transmissão e falou que a situação era muito deselegante.

Por mais que o jornalista tenha experiência e conhecimento sobre o assunto que está falando, cenas como essas são cada vez mais comuns nos telejornais brasileiros.