O vídeo foi publicado no YouTube no dia 8 de janeiro e possui quase 24 horas de extensão (limite de tempo permitido na plataforma do Google), passando da marca de 6 milhões de visualizações. Com o objetivo simples de contar do zero a 100 mil, mas segundo “MrBeast”, canal que postou o #Vídeo, todo tempo gasto de gravação durou mais de 40 horas. Por conta disso, acelerou o vídeo em algumas partes.

Ele ficou quase 86,4 mil segundos contando, o que já tornaria a contagem mais longa que um dia completo. Porém, como em alguns números a nossa fala na contagem se torna mais lenta que a passagem de um segundo, o vídeo sem cortes ficaria ainda mais demorado.

Publicidade
Publicidade

Próximo ao final da contagem de 100 mil, “MrBeast” começou a enfrentar uma batalha de resistência com ele mesmo. No final, ele já está quase perdendo pro sono e se balança de forma lenta na sua cadeira. O youtuber chegou a se perguntar no final da contagem: "O que eu estou fazendo com a minha vida?". O jovem ainda relatou no Twitter que, depois de 10 horas contando, sua cabeça parecia que ia explodir.

Lembre-se de não tentar fazer isso, passar mais de 24 horas acordado pode trazer consequências graves para o corpo humano. No mínimo, você terá incômodos, irritação e baixa imunidade, além de outros efeitos colaterais. Sem o devido descanso, todas as atividades normais do dia-a-dia são prejudicadas, desde o trabalho até uma conversa sobre com um amigo.

Veja o vídeo:

O jovem ficou famoso nas redes sociais por causa desse feito inédito.

Publicidade

O vídeo onde aparece contando já é o mais visto do seu canal. No Twitter, ele postou: "Já tenho experiência para trabalhar, vou colocar 'contei até 100,000' na parte superior do meu currículo."

O mais estranho de tudo isso é ver nos comentários do vídeo algumas pessoas dizerem que perderam o seu tempo contando junto com ele. Elas perceberam que “MrBeast” roubou ao contar errado alguns números, ou seja, elas deixaram de aproveitar o dia para analisar o vídeo.

Em busca de algum tipo de fama, você encontra no #youtube vários canais imitando "MrBeast". E muitos outros comentando o que ele fez.