Em buscas de pistas por Aruna (Thaís Melchior) e Otniel (Leonardo Miggiorin), Salmon (Rafael Sardão) e Isaque (Daniel Erthal) acabam encontrando, por acaso, algo que provará a inocência de Zaqueu (Ricky Tavares): uma codorna morta por uma flechada. Eles levam o corpo do animal para Josué (Sidney Sampaio) e este tem certeza de que cometeu uma grande injustiça ao condenar o arqueiro ao exílio acusando-o pelo acidente e desaparecimento de Aruna. Por isso, manda no mesmo instante um grupo de soldados atrás de Zaqueu e pede que os mesmos tragam o guerreiro de volta.

Assim que revê o marido, Chaia (Juliana Boller) se enche de alegria e entoa uma oração de agradecimento a Deus.

Publicidade
Publicidade

Já Samara (Paloma Bernardi) e Tobias (Raphael Viana) ficam irritados e temerosos de serem descobertos apesar de saberem que a única pessoa que poderia delatá-los seria Aruna, que eles acreditam estar morta.

Enquanto isso, em Jerusalém, Aruna é conduzida de volta à masmorra junto com Ula (Rafaela Mandelli). A ex-rainha de Ai, aliás, confessa que graças ao milagre que presenciou no dia da cura de Aruna passará, a partir de então, a seguir o Deus dos hebreus.

Longe da masmorra e radiante na sala do trono, Adonizedeque (Mário Frias) comemora a recuperação de Aruna e a prisão das detentas em grande estilo. É quando Abul (Joelson Medeiros) entrega uma taça envenenada de vinho para o rei, certo de que irá arruiná-lo. O que ele não sabe é que Adonizedeque já está a par da tentativa de traição dele e de Úrsula (Letícia Peroni) e que, por conta disso, armará uma grande cilada para eliminar os traidores.

Publicidade

Segunda-feira, 27/2: Zaqueu é dado como inocente e retorna ao acampamento. Mireu conta a Úrsula que Adonizedeque descobriu o seu caso com Ula. Pirã trai Abul. Acsa chora pelo destino de Otniel.

Terça-feira, 28/2: Samara e Tobias temem o futuro com a volta de Zaqueu. Mara continua ouvindo vozes no acampamento. Mara tenta matar Elói com uma facada nas costas. Aruna volta para a masmorra. Abul coloca um veneno mortal na bebida de Adonizedeque. Josué escuta da boca de Mara que foi ela quem tentou sacrificar Boaz.

Quarta-feira, 1/3: Mara é presa. Ciente do plano de Abul e Úrsula, Adonizedeque faz Abul beber o vinho envenenado. O rei manda Úrsula para o quarto proibido. Abul liberta Ula e Aruna e morre. Mara diz na frente de Aiúde que ficou com Acã e Racal. Josué briga com Samara. Zaqueu desconfia de Tobias.

Quinta-feira, 2/3: Mara escapa da prisão de Gilgal, mas é capturada por mercadores de escravos. Mireu, Ula e Lina deixam Jerusalém. Tobias encontra Aruna vagando pelo deserto.

Sexta-feira, 3/3: Tobias tenta matar Aruna mais uma vez. Ambos são capturados pelos soldados de Jerusalém. Mireu chega a Gilgal e dá a Josué a notícia de que Aruna está viva. Setur flerta Lina. #Entretenimento #Novelas #A Terra Prometida