Como diria a jornalista Fabíola Reipert, o mundo dos famosos é bastante pantanoso. Enquanto poucos nomes da televisão ganham fortunas, a grande maioria ganha muito pouco e tem salário de fome. A coisa é tão ruim em alguns setores, que até greves são registradas. Na #Record TV, por exemplo, Xuxa, Gugu e Rodrigo Faro ganham muito bem. Todos eles, cerca de R$ 1 milhão por mês, apesar de darem lucro diferente para a emissora do bispo Edir Macedo, que também preside a Igreja Universal do Reino de Deus. No entanto, enquanto eles riem atoa por conta de suas contas bancárias cheias, outro nome conhecido se diz arruinado por conta do canal.

A ruída financeira de José Luiz Datena, que hoje está de volta à TV Bandeirantes, onde apresenta o 'Brasil Urgente', teria iniciado, quando ele teve uma passagem relâmpago pelo canal concorrente.

Publicidade
Publicidade

Datena ouviu que deveria falar algumas coisas no 'Cidade Alerta', e, por isso, acabou decidindo romper o seu contrato do dia para a noite. Poucas vezes, um nome ficou tão pouco tempo em um casal, ainda mais sabendo que tinha uma multa milionária a cumprir.

Nesta terça-feira, 31, quando falava no 'Brasil Urgente' sobre a prisão do empresário Eike Batista, Datena decidiu desabafar com o público e mostrar a sua real condição financeira. A revelação acabou chocando muitos telespectadores, que apenas tinham as informações que eram dadas por alguns veículos de comunicação. Segundo Datena, por conta de sua passagem na Record, ele perdeu tudo o que tinha na sua vida, mas mesmo assim, continuou tendo o que para ele era mais precioso, a liberdade. Dessa forma, mais uma vez, o repórter falou sobre uma suposta censura que recebia do canal no pouco tempo que ficou lá.

Publicidade

Paguei com dignidade e perdi quase tudo o que ganhei na vida, mas mantive minha liberdade para falar o que queria“, disse o comunicador. Datena assinou um contrato que seria de cinco anos, por isso, teve que pagar uma multa que girava em incríveis vinte milhões de reais. Mesmo assim, ele preferiu voltar para a antiga emissora.