O renomado compositor brasileiro Tom Jobim disse em certa ocasião a seguinte frase romântica e revestida de inspiração: “ai quem me dera ser poeta pra cantar em seu louvor belas canções, lindos poemas, doces frases de amor”; enfim, parece que a frase foi feita sob medida para a norte-americana #Ashley Graham com 29 anos de idade. A linda moça é a mais famosa modelo “plus size” ou “curvy model” da atualidade em todo o mundo, que em tradução livre significa modelo com curvas. Ashley têm provocado uma avalanche de comentários, declarações de amor e elogios de sua legião de fãs e seguidores, ainda mais depois que se apresentou de forma bastante sensual no vídeo promocional, que registrou a sua própria nova linha de maiôs e trajes de banho.

Publicidade
Publicidade

Embalada pelos ritmos “calientes” da salsa caribenha, a jovem mostrou toda a beleza e sensualidade de sua sinuosidade, fazendo com que os internautas se derretessem em centenas de elogios à modelo, ao seu corpo provocante e carisma singular. Não é a toa que Ashley escreveu na legenda das fotos, a frase: “tão animada de filmar com essas mulheres deslumbrantes de corpos, tamanhos e idades diferentes”.

O lançamento do filme da modelo dos EUA foi feito em 10 de fevereiro, sexta-feira, onde o registro dos maiôs para pessoas com manequins variados, até agora, já foi assistido mais de 400 mil vezes, tendo recebido centenas e centenas de frases elogiosas dos internautas, a saber, “você é a verdadeira definição de como uma #Mulher bonita deveria ser” ou ainda, “que mulher incrível! Você é uma inspiração” disse outro admirador da moça.

Publicidade

Fato é que desde a juventude Ashley Graham nunca se contentou somente em ser uma modelo plus size ou “gordinha”, mas sim, acabou se tornando um ícone de mulher bonita e que rompe com os paradigmas preconceituosos do mundo da #Moda e do bem estar feminino. Justamente por ter adotado esse tipo de comportamento com o seu talento e beleza, a personalidade, a cada dia que passa, conquista a mídia e outros espaços que eram exclusivamente destinados às modelos magérrimas.

Além do que, Graham também faz uso de princípios éticos e se utiliza do seu direito de cidadã e pessoa influente para promover palestras em muitas escolas pelo mundo afora, a fim de que as meninas possam, independente de princípios tirânicos e pré-concebidos, amarem aos seus próprios corpos.

Que Ashley Graham possa continuar “plus”, linda, sensual e politicamente correta, pois como ela mesma diz “não há um tamanho certo ou errado. Todos temos constituições físicas diferentes e isso é uma coisa boa! Celebrem e aceitem nossas diferenças”! Mil vivas a beldade Ashley Graham.

Performance de Ashley Graham