O Big Brother Brasil 17 pegou fogo nesta sexta-feira (24), pois o casal Marcos e Emilly balançou o edredon da casa mais vigiada do Brasil. E enlouqueceram as redes sociais com um acontecimento inusitado entre eles.

Os pombinhos do BBBB foram parar na cama do quarto da liderança, pois a gêmea de Mayla ganhou a prova do líder junto com Daniel e os dois dividem o poder. Debaixo dos lençóis a gaúcha pediu ao doutor que gozasse em sua boca. O áudio da conversa acabou sendo captado e todos que acompanham o reality puderam ouvir.

Marcos parece que não escutou inicialmente o apelo do seu affair, e a moça perguntou a ele se havia entendido o que disse.

Publicidade
Publicidade

O médico falou que não e a jovem repetiu tudo em um tom mais alto. Ele fez a vontade da sister, e os seguidores ouviram um desce mais. O desejo sexual de Emilly bombou nas redes sociais e os internautas ficaram perplexos com o sex appeal da garota.

O depoimento da irmã

Mayla, em entrevista à Pureopleople, revelou que ficou chocada com os acontecimentos, principalmente quando acessou a rede social e viu as postagens e comentários dos internautas sobre a sua irmã. A jovem disse que não quer ver a filmagem da intimidade da sua irmã gêmea com o médico.

A eliminada do BBB17 falou que ficou com constrangimento ao ver a repercussão da cena na mídia e não tem vontade de assistir o que rolou entre o casal. Ela comentou que a irmã de Marcos, Carol, também não vai querer acessar ao vídeo. Para Mayla, quem tem irmãos não vai gostar de saber o que eles estão aprontando.

Publicidade

A notícia

O pai da sister, o Sr. Volnei, não estava sabendo da notícia sobre Emilly, que está dentro do reality show da Globo. Segundo a gêmea eliminada, ela e o pai estavam ocupados pela manhã nesta sexta-feira (24), último dia útil da semana.

De acordo com Mayla, ela deverá contar ao pai tudo o que rolou com a irmã e o cirurgião na casa do Big Brother. A gêmea disse que deverá omitir a parte em que a sister fez um pedido inusitado ao namorado. E revelou que dirá ao pai que aconteceu um lance com a sua irmã e Marcos.

Mayara pediu para que as pessoas das redes sociais não divulguem o vídeo. Ela escreveu em defesa da gêmea que as mulheres são muito discriminadas quando se trata de sexo. Argumenta ainda que Emilly não realizou o ato sozinha. Segundo a ex-namorada de Antônio, a mídia condena e reprova a atitude feminina com relação às posturas sexuais.

Mayla aprovou a atitude da irmã e falou que não é bom ficar publicando e comentando o vídeo. Para ela, todos têm desejos sexuais, mas por estarem em um reality show e expostos 24 horas, as pessoas e a internet não perdoam. #Entretenimento #BBB Big Brother Brasil #Reality Shows