Britto Jr. resolveu finalmente fazer uma retrospectiva de sua passagem pela TV Record, especialmente os anos em que apresentou "A Fazenda" de 2009 até 2014. O jornalista aproveitou e, na última segunda-feira (13), publicou em seu Twitter, falando sobre sua experiência como apresentador do reality. Ele também referiu-se a outro apresentador, Tiago Leifert, do BBB17, que está dando uma cara nova ao programa, interagindo abertamente com o público e confinados.

O ex-apresentador de #A Fazenda aproveitou para comparar os dois jogos e comentou que foi terminantemente proibido de interagir com os confinados, além de sofrer xingamentos, censuras e boicotes nas poucas vezes que tentou fazer isso.

Publicidade
Publicidade

"Aguentei o diretor-censor até o ponto em que se tornou insuportável. Por isso, resolvi sair", explica Britto. Ao ser procurado pelo UOL, o jornalista acusou o diretor do programa, Rodrigo Carelli, por todos os maus bocados que passou nos bastidores da emissora do bispo.

Britto Jr. afirma que sofreu todo tipo de bullying do diretor em questão, nunca foi convidado para reuniões que fazia a portas fechadas e tinha que suportar seus gritos, no ponto que ficava em seu ouvido, na hora de apresentar o reality. Britto conta que fez várias reclamações à direção da Record, porém nunca foi levado a sério. Ele ainda cita que tentaram fazer o mesmo com Rodrigo Faro (Fazenda de Verão), mas o apresentador caiu fora e agora é a vez de Roberto Justus.

Chateado, Britto Jr. confessa que sofreu bullying, mas se obrigou a ficar sete anos à frente do reality porque tinha dívidas e precisava quitá-las, contudo garante que não pretende passar por mais nenhum tipo de humilhação, como se obrigar à jornada dupla de trabalho, "A Fazenda e Programa da Tarde" sem receber nenhum tipo de reconhecimento.

Publicidade

Hoje, ele garante que só voltaria à bancada de um programa se a oferta valesse a pena, se for algo realmente bacana. "Bullying como este, nunca mais", garante. Quanto ao diretor, disse que não há nada a ser dito sobre as declarações do jornalista. Atualmente, Carelli está à frente do "Power Couple". #Rede Record