MC G15 é natural do bairro de Pantanal, no município de Duque de Caxias, localizado na Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro. O profissional da música, que entoa funk, virou uma celebridade nacional por compôr e cantar o grande hit do país nesse verão, a música 'Deu Onda'. A canção também é conhecida pela sua versão 'proibidona', a 'Meu pa* te ama'. MC G15, no entanto, virou assunto em todo o Brasil, por outro motivo. Neste domingo, 12, ele virou assunto no Twitter brasileiro por uma possível prisão. A hashtag MC G15 PRESO virou o assunto mais comentado do microblog de 140 caracteres. O assunto ainda estava rendendo nesta segunda-feira, 13, após muito disse e me disse na rede social.

A informação falsa começou a circular como pólvora.

Publicidade
Publicidade

O artista brasileiro, mesmo sem fazer nada de tão grave assim, começou a ser detonado e virou alvo de boatos online. O fenômeno 'Deu Onda' e o hit musical que MC G15 canta, o funk, tornaram-se piada nas mensagens dos internautas, que pareciam se divertir com a possível prisão do profissional da música. O susto para alguns começou, na verdade, por conta de uma briga do funkeiro com uma youtuber, Dani Russo. A famosa da internet declarou que não gostava do hit cantado pelo MC, cujo nome verdadeiro é Gabriel Paixão Soares. O cantor não gostou muito disso e acabou não apenas atacando a youtuber, como também alguns artistas de São Paulo, onde ele disse que o funk não era tão bom quanto o feito no Rio de Janeiro.

O cantor acabou se enrolando, no entanto, ao gravar um vídeo. Ele disse que quem faz vídeos na web falando mal das outras pessoas e disseminando fofocas é "viado".

Publicidade

Muitos homossexuais não gostaram do comentário e também participaram da campanha para tentar derrubar o MC na internet, já que ele associou algo ruim ao fato de uma pessoa ser gay. Em razão disso tudo, o assunto tornou-se o principal das redes sociais.

Na sua opinião, o público fez bem ao atacar o famoso por conta de suas declarações polêmicas? Deixe seu comentário. Ele é sempre importante. #Famosos #Crime