Nos últimos meses, muitos casais famosos decidiram se separar. Fátima Bernardes e William Bonner, jornalistas da Rede Globo, formavam apenas um desses casais, mas o amor não sobreviveu após vinte e seis anos. Com o divórcio do 'casal nacional', Luciano Huck e #Angélica passaram a ser a dupla de amor mais famosa do país. Isso, é claro, gera especulações. A jornalista Fabíola Reipert, por exemplo, sempre disse que os dois globais eram o tipo família margarina, ou seja, que mostrariam uma coisa na televisão, mas que fora dela seriam completamente diferentes. Huck sempre negou que o seu amor fosse puro marketing e uma das provas que confronta essa especulação é que o casal teve três filhos, Joaquim, Benício e Eva.

Talvez não exista uma família realmente perfeita, mas recentemente, o comandante do 'Caldeirão', mais uma vez, decidiu demonstrar o quanto ama sua esposa.

Isso tudo, é claro, foi para dar fim às muitas especulações de que o casamento deles ia mal. O marido de Angélica, inclusive, decidiu escrever uma carta. Essa foi escrita de próprio punho, como antigamente. O objeto, secreto, era apenas para ser visto pela loira, mas acabou exposto para todo o país. As redes sociais pararam e choveram comentários elogiando a atitude de Luciano. "Meu Deus, precisamos de mais homens assim. O meu mal olha pra mim depois de quinze anos de casada. O pior é que se separar é capaz de achar um ainda pior", disse uma internauta que claramente tem problemas de relacionamento com o seu companheiro.

Mas afinal, o que estava escrito na tal carta tão importante? O conteúdo acabou ganhando as páginas de uma famosa revista, a 'Wow'. O apresentador então faz a seguinte declaração de amor para a esposa, que é capa da publicação? “Estar com ela já basta.

Amor, muito amor”. "Que lindo esse amor, que não tem idade nem limitação da mídia", opinou uma seguidora do casal, que começou a se conhecer melhor quando Luciano foi para a Globo. Ainda nos anos 2000 eles começaram a ter um relacionamento a dois.