Circula na internet um áudio de uma reunião supostamente transmitida nacionalmente pelo rádio em que se ouve o Bispo #Edir Macedo ensinando sobre o dízimo. No meio da arenga, sua voz não é ouvida por 16 segundos e depois é ouvida de novo, perguntando a uma mulher se ela tinha acabado, agradecendo ironicamente e, por fim, dizendo que a interlocutora nunca mais seria uma levita. Na Bíblia, os levitas eram os membros da tribo de Levi, a quem Deus havia atribuído certos deveres religiosos e direitos especiais - no Templo de Salomão, réplica do Templo de Jerusalém destruído pelo dominador romano durante uma revolta israelita, os levitas são obreiros especiais que cuidam da manutenção do local, dão assistência aos visitantes e auxiliam os bispos e pastores durante as reuniões.

Publicidade
Publicidade

A versão que se espalhou pela internet é que uma senhora passou mal, e a obreira à qual Edir Macedo se referia saiu de sua posição e foi socorrê-la. Esse espaço de tempo corresponderia aos segundos durante os quais o religiosos ficou quieto. Quando a levita terminou de ministrar o socorro, então Edir Macedo teria comunicado que ela tinha perdido suas funções. A Igreja Universal do Reino de Deus, procurada pela imprensa, não deu ainda nenhuma explicação nem quanto ao áudio nem quanto à versão dos fatos que circula na internet.

Desde o começo, o grande e luxuoso templo construído pela Igreja Universal do Reino de Deus na cidade de São Paulo tem sido alvo de cerrada polêmica. Alguns criticando o que veem como apropriação da cultura judaica. Outros dizendo que a obra de mais de seiscentos e oitenta milhões de reais era uma obra de ostentação em um país com uma população pobre e cheia de necessidades materiais.

Publicidade

Além disso, argumentaram certos críticos, boa parte das pessoas cujo dinheiro, através do dízimo e doações, foi usado para erguer o megatemplo são elas próprias pobres e foram usadas por seus líderes. Outros porém enxergam o tamanho e magnificência do local de culto como um tributo à glória de Deus e à vontade daqueles que se consideram seu povo de servi-lo e honrá-lo a qualquer preço

Vídeo:

#Religião