O mundo do entretenimento é bem vasto na TV brasileira, é possível ver de tudo um pouco e não é raro, na guerra pela audiência, as pessoas abusarem do limite da tolerância humana para chamar a atenção. Um programa que vem se superando no quesito esquisitice é o “Pânico na TV” , da Bandeirantes, ou, como é mais conhecida, Band.

A atração sempre ofereceu um leque variado de estranhezas marcadas pelo desespero de seus integrantes, na maioria mulheres, que já passaram por poucas e boas para alimentar o telespectador ávido por este tipo de diversão. Contratado pela toda poderosa emissora Rede Globo, #Eduardo Sterblitch, ex-comediante do “#Pânico na TV”, resolveu colocar para fora o que pensa do programa no qual ganhou espaço e fama.

Publicidade
Publicidade

O rapaz que saiu da emissora em 2016, não pensou duas vezes e falou que a atração leva o rótulo de machista merecidamente, pois os quadros são agressivos e acabam gerando uma série de críticas. Para quem não se recorda, Eduardo deu vida a personagens de peso como O Prateado e O Melhor do Mundo. Suas aparições sempre eram muito esperadas, pois, além de carismáticos, eram icônicas e de certa forma inteligentes.

A declaração do ator não agradou a todos, o que já era de se esperar, e isso gerou uma grande polêmica. Algumas mídias virtuais chegaram a dizer que Edu “cuspiu no prato que comeu”, um ditado muito conhecido ao mencionar que uma pessoa está sendo ingrata. Outros concordam com o rapaz e indagaram como ele conseguiu ficar tanto tempo trabalhando com aquela equipe.

Vale a pena relembrar que em 2012 Eduardo Sterblitch falou, durante uma apresentação ao vivo, que jamais sairia da atração da Band, mencionou gratidão e mandou um de seus famosos bordões: “Chupa Globo”.

Publicidade

Por isso, foi citado como vira casaca, por mudar constantemente de opinião.

O fato é que este troca-troca de emissoras é muito comum entre os artistas de um modo geral, e os rótulos são apenas temporários, ou até o próximo contrato. Edu faz parte do programa “#Amor e Sexo” apresentado por Fernandinha Lima, que vai ao ar todas as quintas-feiras, na Rede Globo, a partir das 23h.