Um dos prodígios da televisão na década de 1990, o ator Pedro Malta ficou conhecido por seus papéis em diversas novelas de sucesso, entre elas, "Coração de Estudante" e "Kubanacan", e na minissérie "A casa das sete mulheres". Hoje, adulto, o ator está momentaneamente afastado das telas, e trabalha em um projeto inusitado: produzir uma série de terror nacional e que faça sucesso.

Conhecido por atuar ao lado de atores como Fábio Assunção, Pedro relembra que a época ao lado de nomes consagrados da teledramaturgia fez com que ele aprendesse muita coisa e que até hoje ele colhe os frutos daquele período. Sempre elogioso com os colegas de profissão, ele afirma que aguarda convites para outros trabalhos enquanto estuda o gênero que escolheu.

Publicidade
Publicidade

Atores mirins são exemplo de carreira longa

Começar cedo na televisão é comum para muitos atores, e são muitos os exemplos de atores e atrizes mirins que acabaram fazendo dessa atividade uma profissão depois de adultos. Entretanto, Malta destaca que muitos de seus colegas, outras crianças, que atuaram com ele, acabaram seguindo outro rumo e abandonaram a carreira artística.

Muitos desses astros precoces acabam encontrando dificuldades na carreira, como ficar rotulado por um papel marcante, e depois não conseguem mais se livrar do estigma. Outros perdem boa parte da infância, pois já trabalham como adultos e isso acaba acarretando sérios problemas de ordem pessoal.

No cinema, existem diversos casos de atores que fizeram muito sucesso quando criança, mas que não conseguiram manter a profissão durante a adolescência e a vida adulta.

Publicidade

O caso de Pedro Malta é um exemplo de sucesso, e de uma carreira longa, afinal, o ator trabalhou não apenas na Rede Globo, mas também na Record, além de fazer diversos trabalhos publicitários. Os fãs do ator aguardam com ansiedade seu próximo projeto e demonstram bastante curiosidade sobre seu plano de realizar uma série de terror no Brasil, já que o gênero tem crescido muito no exterior e tem um amplo mercado também no país. #TV Globo #2017