O primeiro eliminado do BBB17, o gêmeo Antônio Rafaski, mais conhecido como o "gêmeo do mal" e "cachorrão", revelou em uma entrevista para o site EGO tudo o que viveu na casa mais vigiada do Brasil e falou um pouco sobre o seu relacionamento com a advogada, Mayara Motti. Os dois, que se conheceram na casa, já pensam em casamento e em um projeto de vida fora do BBB. Após várias fotos e vídeos sobre um suposto sexo que teria rolado debaixo do edredom, Antonio se explicou sobre as imagens divulgadas na internet.

Alguns internautas afirmam que os movimentos e barulhos gerados pelo casal de confinados debaixo do edredom seria a prova de havia rolado sexo.

Publicidade
Publicidade

"Acho uma falta de respeito imensa fazer sexo no BBB. Não rolou. É uma falta de respeito com o povo brasileiro, mas, principalmente, com a minha família. Não faria sexo nem sóbrio e nem bêbado. Tenho certeza de que não faria", afirmou o eliminado em uma entrevista para o EGO. "Entramos no edredom apenas para ter um pouco mais de privacidade. Queria dar um beijo nela e ficamos com vergonha. Mas, foi só isso, rolou muito respeito da nossa parte", completou ele afirmando que irá esperar a musa fora da casa e planeja até casamento.

Primeira eliminada do BBB

O BBB está prometendo fortes emoções após a eliminação de Gabriela Flor, que levou a pior com 59% dos votos em uma votação acirrada. A excluída do BBB garantiu que deseja seguir carreira artística e não descarta ensaio nua. Com muitos sonhos, a primeira eliminada do Big Brother Brasil 17, falou sobre isso: "Não tem problema nenhum.

Publicidade

Eu encaro como arte, não faço nada vulgar. Eu penso em uma coisa bem artística”, disse a bailaria em uma entrevista. 
A musa, que tem o sonho de ser atriz, pretende estudar e se dedicar muito. “Eu quero atuar, fazer novela, minisséries, cinema e me aprofundar muito mais”, afirmou ela. Gabriela ainda aproveitou a oportunidade de entrar no BBB para divulgar o seu trabalho ligado à arte. “Um bom ator precisa se doar e se entregar e eu busco essa entrega com a arte”. Modelo, bailarina, cantora "quando quer", diz que estudar teatro é uma das experiências profissionais que ela não abre mão. Após dez dias confinada na casa mais vigiada do país, Gabi afirmou que não foi a casa para buscar fama. “Vai ser algo natural depois de um bom trabalho. Eu desejo me doar com a experiência que eu já tenho de vivência de música, de dança, de cantar e de modelar”, finalizou ela. #2016 #BBB Big Brother Brasil