O ex-BBB, Rodrigo Carvalho, se envolveu num grande problema nesta última sexta-feira (10/02). Morando atualmente em Goiânia, ele foi acusado por usar um diploma falsificado, acabou sendo intimado para dar seu depoimento e agora terá que responder em sua defesa e prestar esclarecimentos na delegacia da sua cidade atual.

O participante do Big #brother Brasil 2011 recebeu a acusação de ter falsificado um diploma de ensino superior no curso de Educação Física. O ex-brother do Reality Show foi procurado por muitos sites de entretenimento para falar sobre o acontecimento. Porém, Rodrigo preferiu não falar sobre o caso, apenas disse que recebeu a instrução de não falar sobre isso para ninguém, mas garantiu que tudo será esclarecido em breve.

Publicidade
Publicidade

A sua esposa também deu uma curta declaração às mídias e falou que isso é uma fraude e que tudo será resolvido. O advogado do ex-BBB não foi encontrado.

O delegado da cidade, que investiga o caso, deu uma entrevista para o site “Ego”. A autoridade disse que o caso está sendo investigado há dois anos e havia suspeitas que Rodrigo exercia sua profissão ilegalmente. Também falou que o ex-BBB uma vez deu uma declaração se entregando e confessando que tinha comprado o diploma por 4,5 mil reais na faculdade Salgado de Oliveira.

Apesar de Rodrigo falar que era apenas um estagiário na academia em que trabalhava, ele também tentou fazer uma inscrição no Conselho Regional de Educação Física de Goiás.

Após muitas investigações, a polícia foi atrás da faculdade para saber do diploma que o ex-bbb tinha supostamente comprado.

Publicidade

Um funcionário da instituição garantiu que o documento é falso. E disse que, além de o documento ser falso, ele ainda pode se adequar em outros cursos. O funcionário garantiu que esse documento falso pode trazer vários riscos aos alunos devido as falsas declarações que foram dadas durante o pedido do diploma.

A polícia agora está em busca do maior culpado do caso. A busca está sendo atrás de quem vendeu o suposto diploma falso para Rodrigo Carvalho, para encaminhar ao sistema Judiciário. O delegado disse que acredita que o julgamento seja rápido, e que, se o acusado for condenado, pode ser preso por até 6 meses, além de perder seu emprego e o também o suposto documento que ele possui. #BBB Big Brother Brasil