O estilista Pedro Henrique está acusando a cantora Lexa de fazer algo muito grave contra ele. De acordo com Pedro, a funkeira teria prometido expôr o seu trabalho no Carnaval, uma das épocas mais bombadas do ano. Pedro trabalharia de graça e, em troca, conseguiria mídia para seu trabalho. Ele desenhava as roupas usadas pela artista que fez sucesso no Rio de Janeiro e hoje passa boa parte do tempo em São Paulo, pois namora o cantor MC Guimê, cria da maior cidade do país. Pedro contou toda a história para a jornalista Fabíola Reipert, que agora está totalmente dedicada ao 'Balanço Geral São Paulo'. Após vários artistas darem piti, a repórter polêmica agora aparece apenas no noticiário paulista.

Publicidade
Publicidade

Fabíola então foi apurar a história e dar o lado da cantora e sua família. Lexa seria assessorada por sua mãe, identificada na reportagem como Darling. A mãe da cantora, que para muitos tem uma rivalidade com Anitta, informou que nunca houve qualquer tipo de contrato entre sua filha e o estilista Pedro Henrique. De acordo com ela, o rapaz ajudada a profissional da música por livre e espontânea vontade, mas que agora ela não estaria mais precisando de tal ajuda. Darling ainda negou a versão de Pedro, que revelou que tudo aconteceu dias antes do Carnaval. Ela alega que o estilista deixou a equipe que faz parte do estafe da artista no início de fevereiro. Procurava, Lexa não comentou o assunto.

Essa não é a primeira polêmica envolvendo a carreira de Lexa. Recentemente, uma briga entre ela e MC Guimê foi exposta para todo o Brasil.

Publicidade

Cogitou-se até que eles não ficariam mais juntos depois do "climão" que ficou. No entanto, os dois acabaram voltando e estão juntos até hoje.

Na sua opinião, Lexa se aproveitou do estilista para ganhar roupas de graça, ou ele é quem deu mole, ao não assinar um contrato que estabelecesse o que cada parte deveria fazer e o que aconteceria caso algo não fosse cumprido? Deixe o seu comentário. Ele é sempre muito importante para todos nós e ajuda no diálogo de temas relevantes à sociedade. #Famosos #Crime